CORONAVÍRUS E OS IMPACTOS NOS NEGÓCIOS DE EVENTOS EMPRESARIAIS

CORONAVÍRUS E OS IMPACTOS NOS NEGÓCIOS DE EVENTOS EMPRESARIAIS

Quais são os impactos do Coronavírus nos negócios de eventos empresariais?
O que você pode fazer relação ao seu negócio?
Quais os cuidados que você deve tomar e o que fazer para minimizar os impactos?

Vamos falar um pouco sobre este assunto neste conteúdo, acompanhe.

Por que eu posso falar sobre isso, se somos uma empresa de contabilidade?

Eu tenho base para falar do assunto porque, paralelamente a minha empresa contábil, também somos uma empresa de treinamentos empresariais.

Nós oferecemos cursos em vários formatos, treinando contadores para ter melhores resultados.

Nos nossos eventos empresariais já tivemos mais de 8 mil alunos, sendo assim conseguimos analisar com propriedade o impacto de tudo isso, pois também afeta o nosso negócio.

Quais serão os próximos acontecimentos?

Como a evolução desse vírus é muito dinâmica e os casos têm dobrado a cada 3 dias, é muito provável que nos próximos dias aconteça um pico de crescimento do vírus e isso vai impactar ainda mais drasticamente tudo o que estamos vivendo hoje.

imagem de uma sala de auditório vazio
Neste momento está proibido que tenhamos eventos, de pequeno ou grande porte, isso já gerou um impacto muito grande

Neste cenário, mesmo que não houvesse a proibição, as pessoas não se sentiriam à vontade com o risco que o vírus oferece, de participar de um evento.

Muitos dos nossos eventos, na Tactus, foram impactados com o vírus.

Se o Brasil não conseguir conter essa expansão do vírus, teremos um impacto ainda mais negativo e duradouro para o setor de eventos. A contenção deve ser feita para não criar um cenário caótico, muito mais preocupante do que já temos hoje.

O cancelamento de eventos

Nesse momento estamos na mão do vírus, dependemos do controle que o governo e população conseguirá executar em relação ao vírus no país.

Tivemos o cancelamento de muitos eventos, que aconteceriam nos próximos meses, as pessoas estão em pânico e devido à proibição cancelaram suas participações e eventos de modo geral.

Eventos grandes foram cancelados e muitas pessoas que tinham eventos para acontecer na semana do dia 25 de março se comprometeram a realizar esses eventos de forma online.

Inicialmente, a entrega está sendo feita online, e depois que tudo passar, será proporcionado o acesso ao evento presencial as pessoas sem custo algum.

imagem que represente pessoa calma e pensativa
Para cuidar do que é importante, é preciso ter sangue frio nesse momento para pensar no que você pode fazer

Mas é claro, que mesmo com essa solução de entrega online, muitos foram impactados, muita gente não vai querer assistir o evento online.

As pessoas até ficam felizes de receber o acesso online de um evento, mas não de trocar o acesso presencial para online.

Houve um impacto muito grande e muitos problemas relacionados a cancelamento, reembolso e tudo mais.

Nós estamos vivendo um momento de incerteza!

A certeza que eu tenho, é que tudo que temos de grande porte no próximo mês não vai acontecer, isso é uma certeza.Mas é incerto o tempo que iremos passar com toda essa situação.

O tempo ideal para as coisas normalizarem

Existem fatores que serão determinantes, como por exemplo a própria população, as empresas e a forma que todo mundo vai conduzir isso.

Mas, considerando que aconteceu nos outros países, mesmo sendo incerto, temos uma linha de pensamento.

Esperar mais ou menos o que aconteceu com a China, onde houve uma progressão rápida do vírus, o que assustou ainda mais as pessoas e elas se retraíram com medo de pegar o vírus.

O que eu penso do ponto de vista estratégico?

Se você tem um negócio e esse negócio é pura e simplesmente voltado para o presencial, é hora de você pensar no seu negócio, você corre um risco muito grande.

Eu posso usar de exemplo o caso dos meus amigos palestrantes, que estão somente no offline.

O que eles fazem a pura e simplesmente sair de um evento e ir para outro evento, o mercado de eventos está superaquecido, mas, como ficam em uma situação como essa?

Se não tiverem outra opção, acabam ficando sem saída.

Buscando alternativas para o negócio

E tudo o que está acontecendo sobre o ponto de vista coletivo, poderia acontecer sob o ponto de vista individual.

Ainda falando de um palestrante, se ele tivesse um problema de saúde, como seria impactado?

É essencial ter alguma possibilidade de ter uma linha de produto online.

É muito estratégico num momento como esse, porque você pode numa situação dessas remodelar o seu negócio, foi o que fizemos na Tactus.

Nós temos uma esteira de produtos, eu tenho vários produtos presenciais que são as turmas de negócios, e há possibilidade de reposicionar.

imagem que represente homem com a mão na cabeça, preocupado
Numa situação como essa, os eventos estão sendo reposicionados, mas eles são cancelados e o palestrante fica com um buraco na agenda, não há muito o que fazer

Mas, no nosso caso, como eu tenho estruturado tudo online, já mudamos a nossa esteira de produtos e reformulamos o nosso planejamento, tudo que tínhamos planejado para 2020 mudou, estamos agora focando nos produtos online.

Tudo está sendo pensado para diminuir os nossos riscos.

No formato online, as pessoas vão continuar consumindo, e essa demanda tende a aumentar.

imagem que represente pessoa estudando em frente ao computador
É possível sim migrar para o online, desde que você entregue um conteúdo de qualidade e que faça sentido

Nesse cenário há também a questão de supervalorização dos conteúdos online, em razão da impossibilidade de as pessoas saírem de casa.

O público vai acabar sendo privilegiado ao consumir produtos online.

E isso serve para as pessoas que preferem estar presencialmente, porque elas não têm, neste momento, outra opção.

Com estratégia é possível trabalhar bem isso, chegou a hora de repensar a sua estratégia se você só está trabalhando no offline.

Também é preciso pensar que não adianta, agora, projetar um novo produto offline.

Na Tactus estamos pensando nisso, apenas para setembro, queremos ter a segurança de que as coisas, teoricamente já esteja normalizadas.O fato é que tudo está completamente incerto, e o cenário muda a cada dia.

Chegou a hora do plano de ação

É totalmente imprevisível o que pode acontecer agora, e os impactos não vão acontecer somente no segmento de palestras, eventos e treinamentos, as dificuldades vão atingir os segmentos como um todo.

As empresas aéreas, segmento de turismo, restaurantes, diversão etc., tudo está sendo fortemente impactado.

Esse vírus vai trazer grandes mudanças, pessoas vão perder o emprego, empresas terão sérios problemas financeiros.

Tem muita coisa por trás disso tudo e não sabemos ainda o que vai acontecer.

A dica que eu posso dar agora é:

·   Mantenha o seu caixa estável nesse momento;

·   Evite novos investimentos;

·   Não faça grandes mudanças;

·   Esteja atento(a) a tudo.

Foi preciso pensar e refazer a nossa agenda pois as coisas vão mudar.

Quando tudo isso passar, temos que ficar com um aprendizado deste momento.

Devemos entender que não podemos depender, única e exclusivamente, de um canal de resultados como o offline.

É pensar claramente sobre as possibilidades que temos nos nossos negócios para minimizar os riscos.

Eu estou no mesmo barco que você!

Também tenho um negócio de treinamento e uma equipe que depende desse negócio.

Então, estamos trabalhando para que os danos sejam minimizados para garantir bons resultados ainda em 2020.

Se você é palestrante e não está no online e estiver se sentindo perdido, entre em contato comigo!

Eu me coloco à disposição, para ajudar como puder a você virar a chave e ter boas ideias para minimizar toda essa situação.É inevitável ser afetado, mas tenho plena certeza que vamos passar por isso, sendo realmente estratégicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *