COMO SALVAR O SEU NEGÓCIO DA CRISE DO CORONAVÍRUS – AÇÕES PRÁTICAS PARA AS EMPRESAS

COMO SALVAR O SEU NEGÓCIO DA CRISE DO CORONAVÍRUS – AÇÕES PRÁTICAS PARA AS EMPRESAS

O Coronavírus pegou as empresas de surpresa e todas vão acabar sendo afetadas com o atual cenário mundial.

Como olhar estrategicamente para o seu negócio?

O que você pode fazer para minimizar o impacto?

O que você pode fazer para salvar o seu negócio? Neste conteúdo você encontrar dicas práticas para te ajudar nesse sentido.

O primeiro ponto a considerar é seu caixa.

Seu caixa é quem vai mandar no seu negócio no atual momento.

Por quê?

Se você tem um bom caixa na sua empresa, o seu negócio provavelmente não vai quebrar, o caixa te sustenta.

É claro que você não pode ignorar a força do dinheiro, o fato de ter um caixa não permite que, em momentos de crise, continue gastando.

Toda mudança em relação ao seu negócio deve acontecer neste momento, mesmo que você tenha caixa.E se não tem caixa, tem um sério problema nas mãos, você precisa agir rápido para sanar esse problema.

Buscando alternativas financeira

Uma das coisas que pode fazer é tentar buscar uma fonte de financiamento.

Diante o cenário, é provável que o próprio governo dê opções de financiamento.

Geralmente, quando essas opções estão liberadas para pequenas empresas, acabam sendo tarde ou complicado, muitas vezes a disputa por capital pode ser muito grande

Nós não estamos falando apenas de um segmento ou de uma vertente de negócios, estamos falando de uma crise que envolve milhares de segmentos no Brasil, atinge empresas desde as pequenas até as grandes.

imagem que represente juros, números e taxas
Talvez se as empresas se anteciparem em buscar alguma fonte de financiamento, podem ainda aproveitar uma taxa amigável

Eu não sou economista para dizer qual o momento certo de buscar financiamento.

O que eu posso dizer é que o fator tempo, quando se diz respeito a caixa, é um fator preponderante.

O fato de conseguir reter um pouco de capital neste momento te dará condições de passar pelos próximos 90 dias ou mais, com mais segurança.

A previsão aproximada, baseado nos acontecimentos em outros países, para que as coisas comecem a voltar para os eixos é de 4 meses.

Levando sempre em consideração que, mesmo depois da crise, as coisas demoram um pouco para se normalizar.

Muitos negócios vão se perder no meio do caminho e o seu negócio pode não ser um deles.

Para fugir dessa estatística, você precisa olhar seu negócio de forma estratégica e agir rápido, se tem um problema de caixa o tempo é fundamental.

Pense em buscar capital estrategicamente para ter uma garantia maior e procure reduzir custos.

imagem que represente gesto de pequeno com a mão
Será preciso reduzir custos da sua operação o mais rápido possível

Se você tem uma previsibilidade de parada, queda ou se já sentiu uma queda acentuada nos seus negócios esse é o momento de reduzir custos rapidamente, mesmo que você tenha que se desfazer de alguns profissionais da sua equipe hoje.

Isso é muito difícil para nós empreendedores, mas é importante entender que esse é um processo que vai passar e você vai recuperar.

Mas, se mantiver o custo alto na ilusão de que vai conseguir resolver isso daqui uma semana, provavelmente você vai quebrar a cara e gerar problemas em relação a sobrevivência do seu negócio. Dar passos atrás pode não soar como a estratégia mais amigável para muitos empreendedores, mas precisamos ser frios e estratégicos, e olhar claramente os números.

O controle sobre os números

Se nesse momento chegou à conclusão que não tem nem os números seu negócio na sua mão e que não consegue enxergar como estão os números do seu negócio, talvez seja o momento de repensar suas estratégias.

 imagem que represente gráfico crescente, decrescente
Analise o que aconteceu no seu negócio, nos últimos dois ou três meses, isso já pode te dar um panorama do impacto que terá nos próximos meses

Você precisa pensar que os números dão uma noção muito clara do seu negócio e este é um momento também de virar a chave, você precisa controlar tudo e ter os números do seu negócio em mãos diariamente.

Antes, você até podia olhar o cenário de uma forma mensal ou semanal, mas com essa mudança você precisa olhar diariamente.

O mercado mudou completamente com toda essa situação.

Existem algumas medidas que o governo pode fazer e outras que ele já fez em relação a tudo isso.

Uma delas, por exemplo, é postergar o pagamento dos Impostos, sobre a parcela referente aos tributos federais do Simples Nacional.

Você pode se fazer valer de crédito com linhas específicas para esse momento, linhas com uma redução significativa de juros e com certeza também um prazo de carência. Mas só saberemos disso quando acontecer.Se olharmos todo o impacto que a falta de caixa pode gerar nos pequenos negócios, vamos ver que a conta não vai fechar e que não vai haver dinheiro suficiente para todo mundo.

Possibilidades estratégicas

Sabemos que uma preocupação significativa é a de conseguir pagar as pessoas.

Se houver, por exemplo, a possibilidade de não pagar pelo seus funcionários por algum tempo e esses profissionais serem postergados no seu contrato, e nesse meio período eles serem pagos pelo próprio governo, como se fosse o regime de seguro-desemprego, existe uma possibilidade bem significativa de manter o seu negócio em standby  nesse momento de crise, para depois retomar o seu negócio, quando as coisas começarem a se normalizar.

A circulação de pessoas é fundamental para que possamos ter resultados nosso negócio, ao impedir a circulação, centenas de segmentos diferentes serão impactados diretamente.

E pode ser que tenhamos também uma possibilidade mista em relação, de que o empreendedor pague uma parte desse salário e o governo assuma outra.

Nós também podemos ter a possibilidade de reter alguns valores, que consomem o caixa da empresa de ordem mensal, como por exemplo, o pagamento de parcelamentos de tributos anteriores serem simplesmente serem eliminados.

Podem suspender a dívida por um período de 180 dias, por exemplo, seria muito interessante jogar essa dívida para o final do processo.

Seria de grande valia, não pagar esses parcelamentos nesse momento.

Existe a questão da perda de parcelamento, se não pagar a parcela, o parcelamento é cancelado.

Outra saída seria ignorar essa regra e aplicar o cancelamento neste momento.

Temos também como opção o não pagamento do INSS, principalmente nas empresas de lucro real e presumido, pode ser muito interessante. 

Até mesmo ao olhar para o Simples Nacional e a parcela do INSS, a postergação deste pagamento também ajudaria sob o ponto de vista de caixa.

E uma dica que eu posso deixar é que, se não tiver condições, não deve pagar seus impostos neste momento, isso porque você vai ter opções de parcelar esses impostos. Sem dúvidas, o governo terá que fazer alguma coisa, mas é claro que ele não vai falar agora que haverá um parcelamento especial para todo mundo daqui há um ano, mas obviamente deverão abrir outras soluções.

A força dos empreendedores

Se você olhar todo o cenário, sem nenhuma ajuda, talvez nós não tenhamos toda a força necessária para passar por esse momento.

Mas, se agirmos rapidamente em relação ao nosso negócio e associarmos ações que o próprio governo vai ter que fazer para apoiar às pequenas empresas, nós vamos passar por isso.

Nós vamos viver um momento único, fatores imprevisíveis vão determinar quanto tempo nós teremos de crise nesse momento que estamos passando.

Mas, independente disso, você precisa agir estrategicamente.

 imagem que represente esperança
Você não pode perder a esperança e não pode deixar que o pânico faça que deixe de enxergar novas possibilidades

Precisamos sim de informações, como essa que estamos passando a vocês, mas precisamos também de ação.

Ouça os empresários que estão em outros níveis e já passaram por outras crises, acompanhe pessoas que estão dando a você orientações práticas para entender como podem minimizar esse impacto.

imagem que represente pessoa fazendo gesto que não
A certeza que temos é que o Coronavírus não pode acabar com as nossas vidas e com os nossos negócios

Esse vírus não pode acabar com o Brasil!

Para isso temos que trabalhar estrategicamente!

Não podemos ignorar que teremos tempos difíceis, nós estamos trabalhando aqui em prol do nosso negócio, e você tem que trabalhar em prol do seu negócio.

Se todos trabalharmos, vamos passar por isso e minimizar os impactos, daqui alguns meses teremos grandes lições, sobretudo sobre este momento que estamos passando.

Vai passar e vamos continuar prosperando como empreendedores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *