NOVAS REGRAS DE QUARENTENA EM SÃO PAULO

NOVAS REGRAS DE QUARENTENA EM SÃO PAULO

O Governo de SP anunciou hoje o “Plano São Paulo” válido a partir de 11 de Maio com o cronograma de volta gradual da quarentena no Estado de São Paulo. Não vai existir flexibilização aleatória e a retomada será faseada, regionalizada e setorial. Gostaria de conferir esse conteúdo em forma de vídeo? Confira!

As restrições sociais e medidas de higiene serão fundamentais nessa fase de retomada gradativa. Quarentena não vai acabar em 11 de maio, terá plano de flexibilização de funcionamento das empresas e movimentação das pessoas.

Critérios de regionalização

 A seguir iremos exemplificar quais foram os critérios para a segmentação de municípios:

imagem que represente os critérios de regionalização
Fatos para considerar a retomada da quarentena

 Foram definidos por nível de risco:

Números de casos, quantidades de leitos de UTI livres, testes disponíveis para sintomáticos e suspeitos.

Setorização empresarial

Setorização foram definidas com base nos riscos de saúde em três categorias: Alto, Médio e Baixo.

imagem que represente zona vermelha, amarela e verde
Diferença entre tipos de classificação de zonas de risco

Pode ocorrer mudança de categoria de risco, verde para amarela, isso pode levar a quarentena intermitente (não citado dessa forma).

Protocolos das empresas

Setor privado passa a ter alta responsabilidade nesse processo de retomada.

Fatores preponderantes de protocolos a serem adotados pelas empresas. Confira a seguir quais são:

Higiene pessoal – promover a cultura e procedimentos de limpeza pessoal

Comunicação – Garantir que funcionários e clientes conheçam os riscos e procedimentos adotados

Distanciamento social – Reduzir aproximação e o contato entre as pessoas

Sanitização de Ambientes – Promover a ventilação tempestiva do ambiente

Monitoramento – Garantir e monitorar as implementações adotadas e rastreabilidade.

imagem que represente o protocolo padrão das empresas
Tipos de ações para não haver aumento de casos de contaminação

Um protocolo padrão foi desenvolvido para todos os setores e protocolos situacionais.

Haverá protocolo padrão aplicado para Hotéis e acomodações; shoppings e centros de comércio e lojas; parques e espaços públicos; creches, escolas e universidade; bares, lanchonetes e restaurantes; escritórios; fábricas.

imagem que represente protocolos situacionais
Os protocolos situacionais são aplicados para garantir a segurança de todos

Henrique Meirelles falou sobre o ponto de vista econômico que o foco está em implementar de forma mais acelerada as ações de empréstimos como forma de garantir a liquidez das empresas.

Decisões mundiais

Detalhes das liberações segundo Dória só serão apresentados no dia 08 de maio se a “ciência permitir”.

Para finalizar essa temática, vamos compartilhar com vocês as medidas que vêm sendo recomendadas pela Organização Mundial da Saúde em diversos países:

imagem que represente base para os protocolos
Tipos de protocolos adotados mundialmente

O governador João Doria reforçou todas as atividades que estiveram funcionando em toda a quarentena, sendo as principais: Açougues, empresas de administração, suporte de insumos a cadeia produtiva, segurança, defesa civil, pesquisa científica, bancas de jornal, captação de água, esgoto e lixo, clínicas veterinárias, comércio de materiais de construção, insumos e beneficiamento agropecuários, vacinas, empresas jornalísticas, farmácias, estacionamentos, energia e gás natural, hotéis, lavanderias, lojas de conveniência, locadoras de veículos, seguros, oficinas de veículos, borracharias, petshops, prevenção de pragas, agroindústria, bancos, tecnologia para sistema financeiro, combustíveis, call center, construção civil, serviços médicos, odontológicos, veterinários, cartórios, restaurantes drive thru, transporte em geral e internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *