YOUTUBER ESPECIALISTA EM INTELIGÊNCIA SOCIAL

O convidado para esse conteúdo produzido em altíssima qualidade é o Elcio Coronato, especialista em inteligência social e palestrante.

Em sua experiência profissional, passou por grandes emissoras de televisão como a Record, SBT e MTV e além disso, foi diretor de conteúdo Playboy Brasil e desenvolveu o famoso canal de futebol Desimpedidos. 

No seu canal no YouTube, Elcio tem mais de 1 milhão de inscritos e é especialista em inteligência social. Ficou interessado(a) no conteúdo? Continue acompanhando!

Sinônimo de produtividade

Elcio faz inúmeros projetos ao mesmo tempo, como ele dá conta de tanta coisa?

Ele diz que confia nas pessoas, delegando funções e não se apegando às coisas.

Uma de suas “verdades” é ter por perto pessoas que ele pode confiar, a busca é sempre trabalhar com pessoas boas e competentes.

imagem que represente liderança
Se está cercado de pessoas boas o seu trabalho será apenas delegar

Para delegar tem de desapegar e confiar sempre nas pessoas.

Um ponto importante é: não economize na sua equipe. Isto significa que é muito importante remunerar bem o seu time, acreditando nele, de forma a contribuir para que caminhem junto com o propósito do seu negócio.

Elcio participa de praticamente tudo no processo, porém, só interfere nos ajustes finos, ou seja, nas questões finais com foco em melhorar detalhes que fazem a diferença.

Porque é importante dar autonomia para sua equipe

O nosso convidado afirma que quanto menos tiver que interferir no trabalho dos outros integrantes do time, significa que melhor o seu trabalho está sendo feito.

Se tiver que interferir muito no trabalho dos outros, seu gestor está sendo feito de forma errada.

Se o gestor tem que corrigir a equipe constantemente, está errando, pois neste caso, ninguém entendeu o que você quer, ou qual era o objetivo dessa tarefa.

O começo da carreira profissional

Ele começou como editor e sabe a importância da atuação dessa área e é por isso que afirma sobre as pessoas mais importantes no seu negócio audiovisual serem os editores.

Isto porque um editor é capaz de salvar ou arruinar um programa! Em breve abordaremos mais sobre, continue acompanhando!

Na sua carreira, ele começou a fazer o seu primeiro site em 2002, fazendo vídeos na faculdade e posteriormente criou um canal no Youtube para ele.

Elcio diz que o diferencial dele para aquela época foi ter criado a plataforma dele, que era exclusiva para postar os vídeos e já no Youtube qualquer um poderia postar seus vídeos.

Em razão disso, ele conheceu muita gente e fez muita coisa no digital, enquanto paralelamente trabalhava na produção de televisão.

Já em 2008 ele trabalhava na TV Ideal e Kibe Loco, depois foi trabalhar com o Kazé na MTV e começou ter uma relação boa com Marcos Mion.

O Mion começou a reparar no trabalho dele e a partir daí começou a ter uma relação de coleguismo e amizade com ele, pouco tempo depois ele chamou o Elcio para a Record e essa foi uma das decisões mais acertadas que ele teve, depois voltou para internet.

Algum dia a internet pode substituir a TV?

De lá pra cá ele fez muita coisa e diz “brincando” que fica com um pé em cada canoa, porque ele diz gostar muito de internet, mas também gosta muito mais de televisão.

Ele diz que internet “qualquer um” pode fazer e já a televisão não, portanto, ele não acredita no conceito de que a internet substituirá a televisão algum dia.

Na TV o que acontece é o seguinte: você pode até não acompanhar e não gostar, mas sabe quem é a pessoa.

Já na internet, uma pessoa com milhões de seguidores não é reconhecida na rua, o que significa que ter mais seguidores não quer dizer ser mais ou menos conhecido (a).

O universo da TV e o da internet são completamente diferentes.

O Youtube é nicho e TV é muito forte, as pessoas desdenham a TV porque não conseguem chegar lá.

Especialista em inteligência social

Élcio se especializou em inteligência social, mas o que isso significa?

A Inteligência Social é a habilidade de se relacionar com o ser humano, criar cooperação.

Ele foi percebendo o que ele fazia e com o tempo conseguia muito mais coisas pelo relacionamento, ele é um cara do “sim”.

imagem que represente pessoa comunicativa
Tem facilidade de se relacionar com todas as tribos e percebeu isso

Começou a associar a trajetória tanto profissional como pessoal como um teste comportamental, tudo estava relacionado.

Então começou a estudar outros assuntos e participar de muitas experiências coletivas, passando a encontrar similaridades em alguns conceitos, relação, desde questões religiosas até conceitos.

Relação entre inteligência emocional e inteligência social

Dependendo de como a pessoa controla suas emoções, é possível ver como era o seu bom relacionamento com as pessoas.

Elcio acredita que essa equação é oposta, ninguém existe sozinho, você não desenvolve suas emoções sem outras pessoas, ou seja, elas são geradas a partir da convivência.

A inteligência social vem antes da emocional, sua emoção existe porque existe outra pessoa, referência ou espelhamento.

A habilidade de se relacionar, de identificar e entender o outro, vem antes na cadeia de construção do seu indivíduo.

Todas suas frustrações e felicidades de um modo ou de outro no fim estão relacionadas com outras pessoas.

imagem que represente pessoas interagindo
Tudo é relação humana, que é o que gera suas emoções

Se você souber entender de fato as pessoas, será bem resolvido(a).

Na opinião dele, a empatia que seria em tese “saber se colocar no lugar do outro,” na prática, não seria possível. Ninguém consegue ver através dos seus olhos ou sentir o que sente.

A empatia é um exercício de humildade, de saber que eu não consigo ver o mundo através dos olhos do outro, mas mesmo assim tentar entender.

E no fim de toda essa cadeia, você acaba caindo no que as religiões falam: ame ao próximo como a si mesmo e exercer a inteligência social nada mais é que isso, no fim das contas.

Isso ajudou muito Elcio na vida.

É preciso ter coragem, se arriscar e enfrentar as situações.

Comunicação e conexão com o público

Elcio acabou criando várias “situações perigosas” no seu trabalho, provocando o público, e como ele lida com isso?

Ele sempre faz uso da inteligência emocional para saber lidar com as pessoas, situações e principalmente em pautas polêmicas.

Elcio diz que sempre prefere trabalhar com times jovens e está numa eterna luta contra o “envelhecer”. Mas sabe reconhecer que cada fase tem suas qualidades.

A menos que você tenha uma limitação real, seja física ou de saúde que a idade trouxe, ela não é limitadora.

As pessoas são feitas para superar limitações, sempre há um jeito de fazer as coisas.

Elcio diz que ele também aprendeu a se preocupar com a linguagem que ele falava com as pessoas.

É preciso se conectar com o público, e nem sempre uma linguagem rebuscada é o melhor caminho.

Quanto mais pessoas entenderem, mais chegará ao seu objetivo.

Grande parte das pessoas que acompanham os conteúdos que produzimos são jovens empreendedores que não tem tanta experiência, mas tem energia.

Dicas para jovem empreendedor em busca de resultados

Ele diz que vivemos numa era que muita gente quer ser empreendedor e poucas pessoas querem ser empregados e para empreender é preciso passar pelas outras etapas.

É preciso ser um pouco de empregado, obedecer as pessoas, respeitar hierarquias e ouvir desaforos para entender que está de fato pronto para a sua empresa.

Hoje em dia o que mais existe são os “CEO de si mesmo”, com 18 ou 19 anos, isso é uma ilusão!

A internet proporcionou essa impressão de que o caminho é fácil, mas não é duradouro.

pessoa que não consegue interagir em equipe
As pessoas têm cada vez mais dificuldade de trabalhar em equipe, respeitar as pessoas e isso é ruim

Vivemos num mundo onde cada vez menos as pessoas sabem viver em harmonia.

A dica dele seria: estenda a sua faculdade da vida para trabalhar para os outros e busque trabalhar com pessoas que você admire, mesmo que por um salário baixo, vai aprender muito.

Para ter sucesso no empreendedorismo existe uma grande jornada para percorrer.

É preciso entender que todos teremos dificuldades a vida toda, não viva achando que tudo vai dar certo sempre.

Nosso convidado está sempre aprendendo coisas novas e se adaptando a novos universos, isso é muito importante para o empreendedor.

Ele tem amigos de todas as idade e acha muito importante essa troca com o balanço da experiência e a energia.

As redes sociais fazem com que a gente fique viciado num conteúdo igual e quem pensa diferente acaba sendo taxado de maluco ou bobo.

Já que vivemos nesse momento da internet, tente conviver com pessoas diferentes e siga coisas aleatórias para que não fique viciado numa ideia.

Estamos num mundo globalizado mas ao mesmo tempo há muitas tribos, a polarização política mostra muito isso.

Faça o exercício para distanciar e não comprar a ideia de uma bolha e o algoritmo faz isso com a nossa cabeça, entrega mais do mesmo.

O ser humano é um ser social e se você quer evoluir: peça  e ofereça ajuda e se relacione.

Assim você terá muitas conexões, muitas ideias e pode chegar longe.
Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário para nós e juntos vamos enriquecer o desenvolvimento do tema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não deixe seu negócio sem uma Contabilidade Especializada

Solicite uma proposta agora!