PagSeguro e Plataformas Digitais Pessoas Física pode ser Fiscalizada

PagSeguro e Plataformas Digitais Pessoas Física pode ser Fiscalizada

É ou não é arriscado movimentar como pessoa física dinheiro em plataformas digitais?

Acompanhe este conteúdo e terá a resposta para esse questionamento tão presente.

A primeira coisa que deve ser considerada para responder a essa pergunta é que estamos nos referindo a todos os tipos de plataformas como as de afiliados, as plataformas de pagamento onde existem até mesmo contas digitais dentre outras plataformas como Mercado Livre e etc.

Contas digitais

Existem, portanto, uma infinidade de plataformas que transacionam o seu dinheiro.

Cada plataforma trabalha de um jeito. Algumas retém o valor no pagamento, outras transacionam e acabam recebendo pelos juros da transação, já outras dividem o valor. Não faltam plataformas e maneiras diferentes de atuação no mercado.

De modo geral o empreendedor deve considerar que esse tipo de transação é sim arriscada.

Trabalhar como pessoa física transacionando valores entre plataformas é arriscado, mas não significa que ao trabalhar como pessoa jurídica seus problemas estejam encerrados.

É que seu risco como pessoa física acaba sendo muito maior porque consequentemente o seu imposto acaba ficando muito mais complicado.

Imaginando que está utilizando uma plataforma operando como pessoa física para recebimento de serviços profissionais.

O valor que está na sua conta e transacionando pelo Pagseguro, por exemplo, que está sendo pago pela sua prestação de serviços que está sendo monitorada pela Receita Federal.

A Receita Federal monitora as plataformas digitais
Todas as transações são monitoradas pela Receita Federal

E é aí que mora o problema…

Se os serviços prestados forem tributados como pessoa física os juros ficarão extremamente exorbitantes, numa tributação que pode chegar a até 50% do valor total do faturamento.

Isso parece absurdo, mas nestes 50% estão inclusos o valor do imposto de renda que é de aproximadamente 27% e também o valor do INSS. 

Assim, se o prestador de serviços for fiscalizado e tiver que pagar isso como autônomo terá grande prejuízo, sendo que ele pode constituir uma empresa e evitar essa situação pagando um imposto muito menor.

Movimentar dinheiro como pessoa física é muito perigoso.

Plataformas fiscalizadas

Algumas plataformas já estão sendo fiscalizadas, pois já temos situações de notificações feitas através das plataformas diretamente fiscalizados pela Sefaz e municípios.

Imagine se a receita começar a pegar toda essa plataforma no Brasil inteiro e fiscalizar individualmente cada uma? Haverá uma fiscalização geral e muita gente será autuada.

E isso não está longe de acontecer pois, o valor das transações já está disponível em todas as plataformas para a receita.

Não vale a pena correr este risco! Você pode estar ganhando de um lado com a transação e perdendo de outro, pois no momento em que for fiscalizado terá um imposto muito alto.

Não perca dinheiro por operar de forma errada
Evite valores altos de impostos por operar de forma correta

É possível pagar uma parte de imposto muito menor do valor que recebe, comparado ao que seria mediante a uma fiscalização.

Para pensar em começar a operar de modo correto deve pegar parte do seu valor e pagar o imposto relativo a esse recebimento como o MEI que é de 6% sobre o valor dos seus rendimentos, o que não é pouco quando falamos de pequenas empresas e MEIs, mas pelo menos terá tranquilidade para trabalhar.

Além disso terá um gasto com o contador para fazer toda a parte burocrática da sua empresa e eliminar a possibilidade de ter outra tributação depois que sair da pessoa jurídica para a física, tudo isso por um valor muito pequeno.

Na prática se o seu recebimento total for de R$ 10.000,00, gastará R$ 600,00 pagando os 6% de impostos e mais cerca de R$400,00 com outras despesas. Sendo assim, gastando R$ 1000,00 a sua prestação de serviços estará regular e você ficará tranquilo em relação a isso.

Regularizando a situação

Regularizando a sua situação terá muito mais tranquilidade para comprar um carro, uma casa, fazer viagens internacionais e até mesmo efetuar compra de dólar, por exemplo. Sem regularizar a sua situação não há muito que seja permitido fazer com o seu dinheiro.

Considere que a melhor opção é pagar um valor menor no início da sua operação do que sofrer posteriormente uma penalidade de pagar um valor maior no final da operação quando você provavelmente já gastou o dinheiro.

Se não pagar na pessoa jurídica e pagar na pessoa física, posteriormente, a sua tributação será muito maior e geralmente o empreendedor tem que parcelar isso e ficar com uma dívida por muitos anos com a receita, sendo que poderia ter pago todo o mês uma quantia pequena do dinheiro e ter ficado tranquilo.

Verifique qual será a melhor opção para o seu negócio evitando dívidas
Regularize sua situação para evitar longas dívidas

Pagar imposto não é fácil e muito menos agradável para ninguém. Na Tactus utilizamos plataformas de cobrança para recebimento e estamos no mesmo barco.

A fiscalização pode acontecer para qualquer um, nós na Tactus não pagamos um valor baixo de impostos, muito pelo contrário, porém pagando corretamente os impostos eu tenho condições de destinar o meu dinheiro de forma acertada.

E por pagar o imposto na origem do recebimento temos consequentemente uma tranquilidade muito maior para trabalhar.

As plataformas têm as informações das operações como pessoa físicas e das jurídicas, essas informações estão disponíveis para a Receita Federal e a qualquer momento quem não declarar corretamente será fiscalizado.

E se isso ocorrer a multa é muito mais “cara” do que o pagamento correto na origem do recebimento como uma pessoa jurídica.

Se não sabe como fazer isso procure a nossa equipe! Podemos te ajudar neste sentido analisando o seu cenário geral e vendo a sua situação.

Basta enviar a sua situação para o nosso time, disponibilizando algumas informações que são analisadas de forma confidencial e diremos como regularizar a sua situação.

Somos uma empresa especializada em negócios digitais e podemos dar a recomendação mais correta ao seu negócio .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Fale com a gente