RELAÇÃO ENTRE NUTRIÇÃO E PERFORMANCE NO EMPREENDEDORISMO DIGITAL

Saiba qual é a relação entre a prática de exercício físico e nutrição para ter bons resultados e performance nos seus negócios.

Você sabe como a sua alimentação pode estar relacionada a sua performance profissional?

Quem acompanha nosso CEO Anderson Hernandes sabe que nos últimos meses ele está passando por uma readaptação de hábitos tanto alimentares como de vida.

E um dos parceiros na busca por esses resultados é o nutricionista Caio Ramos, com foco na performance esportiva e comportamental.

Relação entre mudanças de hábitos e nutrição

Como a nutrição pode mudar a vida de uma pessoa?

Vamos falar sobre isso neste conteúdo e se você está interessado no assunto, continue lendo!

O nutricionista Caio Ramos diz que não há como negar que o impacto da alimentação benéfica, aliado ao treinamento, a adequação do sono e hidratação acabam melhorando a produtividade no trabalho.

Com todo processo de pandemia que vivemos, as pessoas entraram em home office e isso fez com que elas acabassem comendo mais e consequentemente com ganho de peso.

Se uma pessoa consegue manter uma alimentação mais saudável – mesmo em home office – e um certo nível de atividade física, consegue ter uma performance melhor no trabalho.

Existe uma relação direta da nutrição com trabalho. Apesar deste conteúdo não estar ligado diretamente com a gestão de um negócio, é importante entender sobre o tema porque interfere diretamente na vida do profissional.

O Caio era jogador de basquete e sempre gostou do estilo de vida, combinando com uma alimentação mais saudável.

imagem que represente prática de exercício físico
Sempre esteve atento ao que comer para melhorar sua performance

Ele começou no basquete com 6 anos de idade e jogou por vários anos.

É interessante saber que basicamente o basquete fez que ele escolhesse a profissão de nutricionista.

Depois de formado, foi fazer uma pós-graduação em comportamento, o que é bem curioso! Isso porque, geralmente, todo mundo que se forma em nutrição quer fazer uma pós-graduação focada em nutrição esportiva, mas ele queria entender porque as pessoas engordam, têm depressão, crises de ansiedade e síndrome do pânico.

Além disso, ele considera importante também compreender a relação de vias que aumentam a fome e quais são as que reduzem.

Neurociência na nutrição comportamental

A alimentação pode ser um gatilho para o aumento de fome ou para redução da mesma, existe uma grande relação.

Muitas vezes as pessoas têm uma alimentação saudável, mas estão comendo mais do que precisam, por isso não chegam no seu objetivo.

Uma curiosidade que aprendemos com o Caio é que existe o alimento certo para hora certa, isso é chamado de “nutrient time”. Esse termo está relacionado ao alimento correto com a quantidade correta no horário ideal, isso faz uma grande diferença!

Essas dietas muito rigorosas e “padronizadas” dentre outros fatores podem acabar sabotando quem está fazendo.

As pessoas acham que vão atingir o seu objetivo e se frustram, com isso colocam a culpa no protocolo ou em alguém, nunca assumem que não fizeram ou aceitam o que precisava ser feito.

Acompanhamento nutricional

O Anderson e a Fernanda fazem acompanhamento com o Caio e ambos possuem uma dieta diferente.

No caso dele, pelo fato de treinar na parte da manhã, considera que toda alimentação durante o dia inclusive à noite, para que sirva de uma forma de pré-treino para treino realizado na manhã seguinte.

Toda refeição é pré-treino ou pós-treino, se for bem elaborada.

Importância do atendimento individual e personalizado

Para todo paciente é feita uma avaliação, ela vai nortear o trabalho de Caio em relação à gordura corporal e ao que o paciente precisa: ganhar ou perder peso.

Se o paciente tiver exames laboratoriais, isso também pode ajudar muito para precisar os resultados e traçar as metas.

O primeiro erro na questão da nutrição é olhar para ela como se fosse uma tabelinha aplicada para qualquer pessoa, quando na verdade precisa ser totalmente individualizada e personalizada.

Em muitas dietas “prontas” as pessoas acabam perdendo somente massa muscular e acabam não perdendo gordura, porque tiram os alimentos errados. Neste caso ela não emagrece, ela perde peso o que é pior, isto porque a pessoa perde massa magra, que é saúde.

imagem que represente gravação de podcast com Caio e Anderson
Caio é nutricionista e com grande experiência na área

É importante destacar que, ainda que tenha uma dieta equilibrada, você também pode perder massa magra, mas isso não quer dizer que você perdeu massa muscular.

Outro ponto é que muita gente acaba achando frescura a questão de pesar a comida – eu achava também – depois que conheci o Caio percebi que isso faz toda a diferença.

Quanto menos comer geralmente, menor necessidade terá, isso porque o estômago é um órgão elástico e ele pode de certa forma “diminuir”, mas existem muitas estratégias que podem ser aplicadas de maneira diferente para cada pessoa e essa é a parte bonita da nutrição.

Refeição livre

A maioria das pessoas sabe que ao fazer uma dieta, comumente, temos a questão da refeição livre.

Caio explica que ela não é tão livre assim, existe uma balança e coisas a serem consideradas, o importante é saber é que é como se fosse um presente pelos seus resultados e pela refeição, ela deve ser apreciada e sempre feita com moderação.

Quando estamos seguindo – de verdade – uma dieta e comemos algo diferente,  acaba saindo até mais gostoso. Dentro de qualquer dieta é importante balancear os macros assim como também os micronutrientes, afinal tudo está interligado.

A questão dos suplementos que é muito abordada acaba sendo bastante controversa, muita gente consome suplemento e não serve para nada.

Antes de consumir qualquer coisa, é importante saber o que usar e como usar. Além disso, se o seu corpo precisa mesmo daquilo e se faz realmente alguma diferença.

Fazer dieta dá trabalho!

Atualmente o Anderson e a Fernanda  contam com uma pessoa que cuida da dieta, isto porque ficou impraticável para a rotina deles passar o domingo fazendo marmitas.

Assim como em tudo na vida: você não pode ficar muito bitolado nas coisas, às vezes 80% é melhor do que 100%, porque é uma coisa que vai conseguir manter.

Mudança de hábitos

Depois de quanto tempo de dieta é possível dizer que uma pessoa já fez uma reeducação alimentar?

Mais ou menos 4 meses, ela precisa desse tempo para virar a chave.

Não adianta só treinar exaustivamente, é importante aliar alimentação com o treino e isso vai fazer a total diferença.

Hoje é fácil perceber que toda pessoa de sucesso no seu trabalho, se dedica bastante na dieta e no treino.

Um profissional se torna completo devido a vários fatores que devem ser alinhados como a dieta, trabalho, sono e até as redes sociais que acabam desfocando um pouco.

Uma dieta mais equilibrada, com menor percentual de gordura gera mais massa magra, aliado ao treino traz benefícios como redução da glicemia da pressão e retorno venoso.

imagem que represente dieta
Sua dieta pode ser uma grande aliada para que tenha uma performance muito melhor no trabalho

Depois da pandemia, a procura por emagrecimento cresceu de forma surreal, mas as pessoas ainda procuram mais por praticidade.

Entenda que a praticidade não está relacionada com saudabilidade, às vezes é mais fácil abrir um pacote de bolacha do que cozinhar ou pedir uma marmita, que mesmo sendo “saudável”, não tem a quantidade de nutrientes que você precisa, ou seja, muitas vezes sendo saudável você acaba comendo mais no final do dia, e a conta não fecha.

Na pandemia muita gente perdeu parentes próximos ou ficou deprimida, muita coisa aconteceu. Diante de alguns problemas, as pessoas acabam descontando na comida.

imagem que represente pessoa recusando comida de fast food
Dentro da sua casa diminua a quantidade de comidas não saudáveis que tiver

Sempre é melhor ter a sua disposição aquilo que você realmente vai comer.

Tenha em mente que não é fácil emagrecer, é preciso queimar cerca de 8.000 calorias para perder 1kg de gordura.

Então se você não emagreceu 1 kg em uma semana, pense que não engordou da noite para o dia e não vai emagrecer da noite para o dia também!

Normalmente quando emagrecemos, a gordura sai de onde você tem mais primeiro.

É comum que os pacientes se sabotem, dizendo que estão seguindo uma dieta, quando na verdade não estão.

Para emagrecer é preciso ter disciplina e constância, assim como tudo na vida.

Qual a diferença entre nutrólogo e nutricionista?

O nutrólogo é formado em Medicina e tenta entender um pouco mais sobre a ciência da nutrição. Depois da medicina, ele faz uma pós-graduação na ciência da nutrição.

Porém isso não quer dizer que ele possa montar uma dieta, significa que ele entende um pouco mais para dar aulas e  tem conhecimento melhor.

Além disso, um nutrólogo pode entrar com aspectos medicamentosos.

Muita gente acaba usando anabolizantes achando que é um milagre e não é, tudo tem que estar alinhado, não adianta injetar o hormônio e ficar sentado(a).

Geralmente as pessoas que são do fisiculturismo não cometem erros e tem uma disciplina exímia.

Existe muita coisa envolvida no processo de emagrecimento e na questão de vida saudável. O mais importante é que cada um, dentro das suas possibilidades, tente ser cada vez mais saudável e ativo.

A vida muda muito depois da mudança de hábitos e com certeza que você pode fazer isso para melhorar a qualidade da sua vida também.

A sua máquina é você e essa performance será controlada com uma boa alimentação aliada a prática de exercícios físicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não deixe seu negócio sem uma Contabilidade Especializada

Solicite uma proposta agora!