Como lançar um Infoproduto no Hotmart

Como lançar um Infoproduto no Hotmart

Produzi esse conteúdo com o objetivo de oferecer a vocês algumas dicas para o lançamento de um infoproduto.

Para isso vou utilizar a nossa experiência como empresa contábil que atende centenas de infoprodutores, bem como a minha própria experiência uma vez que eu também produzo conteúdo virtual.

Lançar o infoproduto

A primeira delas envolve o formato em que você vai lançar do seu infoproduto.

Você conta com diferentes formatos atualmente, um formato E-book, área de membros, formato recorrente como também um curso online.

O produto mais comum produzido hoje por quem está começando costuma ser um E-book, trazendo um conteúdo bem interessante, esse produto geralmente é composto pelo E-book e mais um conteúdo em vídeo, mas ele não é um curso de fato. Trata-se de um formato mais simplificado.

O e-book vem com conteúdos bem interessantes, porém de form mais simplificada.

Ou pode ser produzido efetivamente um curso online. Os cursos online tem liderado o tipo de formato para infoproduto no mercado.

É preciso escolher qual o formato com o qual quer trabalhar.

E, além disso, precisa entender o que está mais adequado com o seu objetivo, o que será melhor para você que está começando.

Muitas vezes pode pensar em lançar um curso online, mas talvez não tenha a experiência que esse tipo de produto exige, nesse momento deve pensar e avaliar se um produto mais simplificado não seria mais interessante para você.

Comece a produzir

A segunda dica envolve começar a produzir.

Se for lançar, por exemplo, um curso online será preciso sentar-se diante de uma câmera, num formato adequado para o que vai ensinar e produzir.

Na produção é importante sempre considerar dois aspectos importantes: a qualidade da imagem que será entregue e a qualidade do áudio.

Um infoproduto que oferece qualidade muito ruim de imagem acaba denegrindo o seu produto na entrega final.

A pessoa que compra o seu produto espera receber algo elaborado, ela está investindo naquela informação. Então é importante prestar atenção a esse fator e até se colocar no lugar do seu consumidor, você estaria satisfeito se recebesse o seu produto?

Junto a esse fator não se esqueça da qualidade do áudio dessa entrega, que é um fator importante também.

Escolha da plataforma

A terceira dica diz respeito à escolha da plataforma, que será o local onde vai disponibilizar o seu produto. É preciso escolher o que vai desenvolver ou se vai usar uma plataforma já existente.

Se optar por utilizar uma plataforma de venda como o Hotmart pode usá-la gratuitamente e fazer a entrega pela própria plataforma do Hotmart.

Eu acredito que isso facilita muito.

Durante muito tempo nós utilizamos a plataforma Optimizepress para pode administrar os nossos produtos.

Nós tínhamos uma dificuldade muito grande de ficar administrando, ficávamos preocupados com o próprio servidor uma vez que se desse algum problema com ele os alunos não teriam o curso a disposição.

Imaginando que atualmente temos mais de 4000 alunos e não sabemos quantos alunos acessam ao mesmo momento, assistindo conteúdo, controlar tudo isso dá um pouco de trabalho.

Depois como nós tínhamos vários produtos inclusive que não tinham sido vendidos pelo Hotmart, migramos todos os produtos para uma nova plataforma chamada LeadLovers. Lá montamos a nossa plataforma.

Nós nunca tivemos problemas na plataforma com relação ao LeadLovers.

Plataforma do Leadlovers

Foi uma escolha interessante que nós fizemos. Deparamos-nos às vezes com alguma limitação de layout ou coisa assim, mas eu vejo que ela é bem estável nesse quesito e nossos alunos conseguem assistir sem nenhum problema.

E você tem também a plataforma do próprio Hotmart ou de outra plataforma de afiliados que pode utilizar, o uso de plataformas próprias é uma opção também.

E então é possível colocar referente ao seu produto tudo lá, e fazer a venda e a entrega automatizada para o seu cliente.

Estratégia de vendas

Temos mais uma dica que é sobre o recrutamento de afiliados. Fazer todas as suas vendas sozinho é um pouco difícil, por exemplo, se você recrutar afiliados voltados ao nicho que vai atuar fica mais fácil.

Esses seus afiliados já tem a audiência, uma lista de e-mails, e tem público dentro do remarketing do Facebook, muitas vezes tem um blog, e isso pode facilitar muito a venda dos produtos digitais que você vai fazer.

Recrutar os afiliados

É preciso recrutar esses afiliados e você precisa entender quais são os produtos concorrentes e tentar mais ou menos compreender que está trabalhando melhor nesse nicho, colocando sempre na plataforma informações sobre o recrutamento de afiliados.

Talvez um vídeo explicando, com mais informações sobre o seu produto ajuda e é interessante em relação a isso.

Outra coisa importante que tem que pensar é qual será o comissionamento que vai oferecer.

Eu percebo dois aspectos bastante complicados nessa questão do comissionamento.

Quando oferece um baixo comissionamento você tem dificuldade de recrutar afiliados. Por exemplo, 20% de comissionamento é considerado um percentual baixo dentro desse mercado, porém se oferecer 60% de comissionamento não terá rentabilidade no produto.

Depois que paga o seu imposto, paga o tráfego que você tem que fazer caso contrário não gera visitas, e pagar algumas outras despesas que teve percebe que não te sobra nada.

Você tem que entender que existe uma regra própria de quanto vai ser o valor da sua nota fiscal quando emitir ela para o seu cliente.

Então cuidado com o comissionamento que oferece, via de regra o que está mais adequado ao mercado e não te trará problema é dar 40% de comissionamento.

Esse é o percentual que eu utilizo há muitos anos e não tenho problemas com meus afiliados e também vejo muito dos meus clientes utilizando essa faixa de percentual.

Gerenciar seu tráfego

A penúltima dica é trabalhar com o tráfego, você precisa aprender a gerenciar um tráfego para a sua página de vendas considerando que quando você fez o seu produto:

Definiu o formato correto
Produziu conteúdo de qualidade
Criou uma página efetiva de vendas

Esses são pontos essenciais.

E nesse sexto ponto é preciso direcionar o tráfego para sua página e para isso terá que investir em Facebook, Google AdWords, tráfego orgânico, entre outros, existem várias possibilidades de comprar tráfego.

É precisa entender o que está mais adequado para você mais adequado ao investimento que fará neste tráfego e mais adequado ao seu público alvo.

Talvez seu público alvo interaja melhor com o Facebook e consiga ter um bom resultado comprando pelo Facebook.

Teste sempre o quanto está te custando o tráfego. Começando a formar um número de visitantes ao seu site como pixel de remarketing, lá dentro você consegue trabalhar essas pessoas que visitaram as páginas de vendas ou páginas específicas de artigos e tudo mais.

Começa a trabalhar isso e entender como maximizar os seus resultados.

Se você não entender de tráfego vai ficar difícil conseguir conquistar vendas dentro do mercado digital.

Porque os produtos estão mais concorridos e o mercado está mais concorrido e com muita gente boa fazendo tráfego bom para poder ter vendas.

Estar sempre inovando

Por fim, o último ponto aprender e inovar sempre, lançando um produto na sua primeira versão não pode parar.

É preciso lançar uma segunda versão onde pode melhorar muito mais, talvez regravando todo o curso mudar a estratégia, melhorar sua página de vendas sempre, fazer os testes sempre é preciso sempre inovar, aprender e inovar o tempo todo.

Isso ajudará muito que você tenha os melhores resultados.

Os pontos então são:
1- Definir o formato do seu produto.
2- Produzir o conteúdo de qualidade.
3- Definir a plataforma de entrega.
4- Criar uma estratégia de vendas e consequentemente uma página de vendas para que possa trazer resultados.
5- Recrutar afiliados lembrando que existe no mercado todo tipo de afiliado, alguns afiliados só se cadastram não fazem uma única venda e nenhuma divulgação do seu produto e de repente não é interessante para você.
6- Investir no tráfego para poder levar visitantes para as suas páginas de vendas, os seus artigos para os seus conteúdos e para vender o seu produto.
7- Aprender e inovar o tempo todo para melhorar sempre.

Seguindo essas dicas já tem um caminho de sucesso que pode trilhar dentro do mercado de infoprodutos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale com a gente