VANTAGENS DE USAR UM SOFTWARE MÉDICO DE GESTÃO

Ganhar tempo para centrar a atenção no atendimento ao paciente costuma ser uma prioridade para os profissionais da saúde? E se existisse um meio de automatizar todos os procedimentos da clínica para esse tempo dobrar? Pois existe. O software médico consegue facilitar estes e outros procedimentos. Confira agora!

O software médico surgiu no mercado de saúde como um meio de automatizar toda a gestão da clínica para que profissionais da saúde ganhem tempo e aumentem a produtividade. De acordo com pesquisas, as buscas por essa demanda já se encontravam em ascendência, mas a pandemia causada pelo novo coronavírus acelerou o entendimento sobre a importância da tecnologia nos cuidados ao paciente e crescimento das clínicas.

Como já foi citado, de uma maneira resumida, o software médico ajuda na gestão da clínica. Mas ao analisar profundamente esta gestão engloba todos os setores do estabelecimento. Com base nisso, foi decidido explicar em detalhes como funciona um software médico, vantagens e como ele se integra com importantes tecnologias como a telemedicina. Veja no artigo abaixo:

O que é um sistema médico para clínicas?

Em primeiro lugar é importante dizer que um sistema médico em nuvem é destinado para digitalizar e gerenciar todas as unidades de saúde que a clínica tiver. 

imagem que represente médico trabalhando
Ele consegue se adequar a atender às demandas de diferentes tipos de clínicas e consultórios médicos

Pelo fato de digitalizar todos os procedimentos de modo automatizado, o estabelecimento médico se livra dos papéis, ganha mais segurança nas informações dos pacientes, aumenta a produtividade e humaniza o atendimento com os pacientes.

Portanto, o objetivo de um sistema médico é que todos os dados importantes para o funcionamento do estabelecimento sejam devidamente armazenados em um único lugar facilitando o acesso a dados do setor financeiro, dados dos pacientes, de recursos humanos e jurídicos.

Conte com um sistema para clínica na rotina

Quando a clínica decide optar por um sistema, ela consegue no dia a dia estreitar a relação com o paciente, pelos agendamentos serem mais eficazes e rápidos. Além disso, pelo fato do sistema conseguir agilizar todos os procedimentos, a clínica ganha tempo para focar em outras atividades e assim a produtividade e faturamento conseguem ser triplicados.

Outro ponto importante é que no mercado existem sistemas para clínica muito completos, o que significa oferecer ao gestor funções específicas para cada setor de negócio da saúde, como sistema de pagamento integrado ao prontuário eletrônico, controle de estoque, sistema financeiro, faturamento TISS, módulo totalmente voltado para a fidelização dos pacientes, sistema de telemedicina e entre outros.

É importante frisar sobre prontuário eletrônico, pois ele consegue criar logs, isto é, registros dos atendimentos realizados com os pacientes, isto permite que o médico empreendedor acompanhe a evolução das consultas e monitore o quadro para um diagnóstico mais preciso.

Para fechar e não menos importante, o sistema para clínica garante segurança em todas as informações. O ideal é os profissionais da saúde procurarem um sistema que proporcione controle de acesso e de autenticação, criptografia de dados e tenha um renomado servidor de segurança para passar a credibilidade de que o usuário está fazendo a escolha certa. Ademais, os profissionais da saúde que preferem ficar no meio dos papéis ao invés de contratar um sistema não sabem o risco que correm, pois as informações sigilosas dos pacientes podem ser perdidas ou serem acessadas por terceiros. 

Motivos para digitalizar a sua clínica médica

Já dá para perceber que se render à digitalização da clínica o gestor consegue uma série de vantagens, mas para ficar mais claro, nada melhor que reunir e resumir as principais em tópicos, como pode ser visto a seguir:

  1. Tempo otimizado para médicos e todos os funcionários da clínica.
  2. Todas as informações centralizadas em único lugar, permitindo o acesso de todos que são previamente autorizados.
  3. Todas as informações da clínica ficam resguardadas por ser um sistema em nuvem e com servidor seguro.
  4. Diminuição de erros seja no faturamento TISS, agendamento ou financeiro.
  5. Os custos são reduzidos e a chance de investimento e crescimento da clínica se torna maior.

Quais são as funcionalidades que um sistema para consultório deve ter?

Quando o profissional da saúde for pesquisar por um sistema para consultório, ele vai se deparar com várias opções, diante disso é necessário se atentar para algumas características que são essenciais para fazer com que a clínica se torne referência no mercado de saúde. 

Em primeiro lugar, o sistema precisa ser intuitivo, de fácil manuseio, ser integrado com agenda do profissional da saúde, garantir segurança e estar de acordo com todas as normativas estabelecidas pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). Para o médico se certificar da veracidade dessas informações, o aconselhável é pesquisar pela reputação do programa médico em canais como Reclame Aqui, redes sociais e também é válido realizar um período de teste gratuito.

No mais, foi elencados as principais funcionalidades que um programa médico deve ter, são elas:

Agenda

O programa deve permitir que as consultas sejam agendadas de forma intuitiva e ágil. Ela precisa ser vinculada com a agenda do profissional da saúde para que o horário do paciente seja garantido e não haver conflito de horários com outros pacientes. Para ajudar na redução de faltas da clínica, o ideal é que o sistema tenha como opção a confirmação de agendamentos via WhatsApp, e-mail ou SMS.

Prontuário eletrônico

É primordial que o médico conte com um prontuário eletrônico para registrar os dados colhidos na anamnese e configurá-lo do modo que preferir. O programa médico também deve fornecer certificado digital para que o profissional da saúde possa validar todos os documentos através da assinatura digital.

Geração de recibo

É de praxe clínicas médicas emitirem recibo de pagamento para os pacientes, e para facilitar este procedimento, o sistema deve contar com a funcionalidade de criar o recibo e enviar ao paciente depois que comparecer ao teleatendimento.

Prescrições de Receita e Solicitações de Exame

Nada mais justo que solicitar receitas através do programa médico e evitar que erros aconteçam por dosagens indevidas por falta de entendimento pela escrita dos médicos. Ademais, há a possibilidade de enviar a receita diretamente para o celular do paciente, facilitando a experiência ao mostrar a receita na tela do dispositivo para o farmacêutico. A mesma metodologia se aplica às solicitações de exames, onde as chances de erros são devidamente reduzidas por eliminar os papéis e digitalizar estes dois procedimentos.

Software médico Shosp

Depois de toda a explicação, quando chegar na hora da tomada de decisão na hora de contratar um software médico, o Shosp pode ser uma opção. Pois de acordo com os principais tópicos listados acima, o software consegue se encaixar às especificidades e ajudar diferentes tipos de clínicas a alcançarem os objetivos de crescimento. Para mais detalhes, é válido procurar mais informações no site: https://www.shosp.com.br/.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *