Dicas para Médicos que planejam abrir uma empresa!

Dicas para Médicos que planejam abrir uma empresa!

Os cuidados que os médicos precisam tomar a partir do momento que decidem se tornar empreendedores:

Nosso tema central de hoje é especialmente voltado para o mercado médico, uma vez que muitos destes profissionais da saúde optam por atuar em clínicas privadas, atuando também como empresários.

Atualmente o mercado do profissional médico está recebendo uma atenção “nada desejada” do Fisco. De algum tempo para cá o Fisco tem focado de forma bem específica nas clínicas médicas privadas, fazendo uma fiscalização bem acirrada sobre a regularidade tributárias destes profissionais.

Tanto que isso foi anunciado pelo próprio Fisco, ao realizar suas ações fiscalizatórias para esse ano corrente (2016).

Bem como, este é o primeiro ano que o Fisco está tendo contato com as informações completas dos médicos, informações essas que vem de diferentes origens, inclusive obtendo informações também dos pacientes (clientes) que são atendidos pelos mesmos.

Então, a previsão que se tem tanto em 2016 quanto em 2017 é que teremos várias ações do Fisco, baseados nesse novo cruzamento de informações.

Portanto, com toda essa fiscalização, em pouco tempo de trabalho o Fisco conseguirá encontrar as irregularidades daqueles profissionais médicos que não deram toda a atenção necessária a questão tributária.

Com essa mudança de atitude perante a regularidade e intensidade de fiscalização, a classe médica tem sentido maior necessidade de manter toda sua questão tributária regularizada e de acordo com o que estabelece o fisco para sua profissão.

Assim sendo, procurar ajuda profissional de uma empresa contábil, que preferencialmente seja especialista nessa área de atuação, é algo imprescindível de ser feito por todo médico que decide abrir uma empresa, ou também para aquele que está com questões pendentes que precisam ser regularizadas.

A busca de uma empresa contábil especializada faz toda a diferença para aquele médico que procura abrir sua própria empresa, pois ao começar a entrar nesse mundo da regularização tributária, o próprio profissional da saúde percebe que, ao contrário daquilo que ele mesmo geralmente imagina, existem outras possibilidades de atuar dessa forma no mercado.

Para tanto, ao buscar por ajuda contábil especializada se abre um leque maior de possibilidades e conhecimento, possibilitando que o profissional seja orientado a escolher o tipo de organização que mais se enquadra a sua necessidade.

Um exemplo disto que estamos falando, é a opção que o profissional médico possui em escolher por ser tributado basicamente por duas formas – como pessoa física ou como pessoa jurídica, sendo que na maioria dos casos é mais interessante escolher a tributação por pessoa jurídica.

Além disso, a empresa contábil dará toda a orientação necessária ao profissional, informando sobre custos, impostos, bem como, todas as possibilidades que o profissional tem ao optar por uma empresa para a prestação de serviços médicos para hospitais, ou abertura de clínica médica enquanto pessoa jurídica, entre outros.

Dessa forma, o contador se torna o principal aliado do médico nessa busca pelo conhecimento tributário, para que ele possa entender de forma mais clara tudo o que permeia a questão tributária da sua profissão, principalmente por ser a profissão que está sendo “a bola da vez” na fiscalização do próprio Fisco.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale com a gente