Carne Leão 2018

Carne Leão 2018

Você sabe o que é Carnê Leão?

Como empreendedor sabe se está obrigado ou até se ele é a melhor alternativa para declarar os seus rendimentos?

Recebimentos específicos

O Carnê Leão deve ser feito mensalmente, por aqueles que têm recebimentos de outras pessoas físicas ou alguns recebimentos específicos.

Por exemplo, se obtém recebimentos ou um rendimento do exterior, diretamente na pessoa física.

Ou no caso de uma locação, receber pensão alimentícia que ultrapassa o valor do imposto de renda isento também deverá ser declarado através do Carnê Leão.

O que você deve levar em consideração?

Normalmente as pessoas acabam não fazendo o Carnê Leão mensalmente, elas acabam deixando para fazê-lo quando entregam o imposto de renda pessoa física.

E o que acontece?

Se ele não for feito ao longo do ano, o Carnê Leão tem que ser feito de forma retroativa e consequentemente tem seu imposto recolhido de forma retroativa, com juros e multa.

Além disso você pode não ter algumas despesas passíveis de abatimento no seu Carnê Leão mensal.

E caso isso aconteça terá prejuízo no momento do pagamento.

Não são todos os tipos de despesa que são passíveis de abatimento, mas se abatê-las terá a facilidade de pagar menos impostos.

Uma vez que essa despesa será deduzida diretamente da base de cálculo do imposto de pessoa física.

Outro fator a ser considerado é se o Carnê Leão é a melhor alternativa para você.

Em muitos casos constituir uma pessoa jurídica, uma empresa no simples nacional, ou até mesmo um MEI pode ser a melhor alternativa.

Considerando que no Carnê Leão é possível pagar até aproximadamente 28% de imposto. Sem contar que além do imposto que teria como pessoa física também está sujeito ao recolhimento do ISS.

Recentemente a Receita Federal abriu algumas operações considerando os valores declarados no Carnê Leão de anos anteriores, e está neste momento fazendo o processo de cobrança desses valores relativos à ISS.

Então somando tudo obterá um valor considerável que chega a 40% de imposto.

Imagine que o rendimento mensal como pessoa física já tem incidência de imposto com mais 11% de ISS para pagar, dessa forma atinge um valor muito alto.

Problemas que podem surgir

É preciso considerar que nem sempre o Carnê Leão é a melhor alternativa.

Especialmente aqueles que têm rendimentos relativos a atividades profissionais como:

  • Médicos
  • Profissionais da saúde
  • Advogados
  • Contadores
  • Psicólogos entre outros.

Esse tipo de profissional está ainda mais sujeito a problemas quando não fazem o seu Carnê Leão.

Usarei uma situação corriqueira para exemplificar:

Um advogado faz um lançamento de um recibo para o seu cliente com o número da OAB e CPF. Em consequência disso o cliente desse profissional declara esse valor no seu imposto de renda como despesa, e o advogado não faz o lançamento do carnê leão com o CPF do seu cliente.

O que isso pode gerar?

Em um processo de cruzamento de informações automaticamente o advogado terá problemas com a receita federal.

Por isso é preciso entender que deixando para fazer o lançamento do Carnê Leão na última hora não terá todas as informações necessárias para que possa efetivamente fazer o lançamento correto.

Imagine que o advogado ou médico não tem os números de CPF que teriam que ser lançados dos clientes e está condicionado a obrigação de declarar essa informação dentro do Carnê Leão mensal.

Se não tem mais essa informação, porque deixou tudo para um único lançamento, como fará o acerto desses dados?

É pouco provável que aconteça.

Por isso, é importante levar em consideração esse ponto.

Mas na maioria dos casos uma pessoa jurídica será a melhor alternativa para você.

E para entender o que é mais aplicável a você entre em contato conosco, procure a Tactus.

Nós faremos uma análise baseados em funções que solicitamos aos nossos futuros, desse modo, obtemos um comparativo.

Esse comparativo é capaz de mostrar qual a melhor opção, o quanto vai pagar como pessoa física e como pessoa jurídica, quais os gastos adicionais e apresentamos um balanço para que entenda qual a melhor alternativa.

E então se a abertura da empresa for a melhor alternativa indicaremos a você e poderá ficar regular com a receita federal.

É importante que tome essa decisão o quanto antes for possível, para que no momento da entrega do imposto de renda já tenha a sua melhor opção clara.

E também o fator relativo a ter o melhor aproveitamento de despesas ou obter uma tributação menor sendo pessoa jurídica.

Fazendo isso pagará um valor bem menos expressivo de imposto.

Não perca mais tempo!

Procure hoje mesmo a Tactus e fique tranquilo com seus impostos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale com a gente