Abertura de empresa gratuita vale a pena?

Abertura de empresa gratuita vale a pena?

Com todo o crescimento e desenvolvimento do mundo online e digital, está cada dia mais comum encontrarmos inúmeros tipos de ofertas na internet sobre cursos, serviços, entre outras oportunidades ditas como gratuitas pelos seus anunciantes.

Porém, quando clicamos na oferta que nos interessa logo vemos que a super oportunidade oferecida pelo anúncio vem sempre acompanhada de algum tipo de ônus, e logo nos damos conta de que a tal gratuidade não é assim tão gratuita, mas sim, sempre possui um preço a ser pago por ela, mesmo que o preço não seja diretamente financeiro.

Dessa forma, quando vemos um anúncio sobre um serviço tão importante como a abertura de uma empresa como sendo gratuita, devemos ficar atentos a proposta e analisar muito bem do que se trata, afinal todos sabem que esse é um trabalho realizado por um profissional com uma formação na área de contabilidade, portanto é de se desconfiar que tal profissional, que precisa sobreviver financeiramente do seu trabalho esteja pela internet oferecendo serviços gratuitos, concordam?

Fique atento: a gratuidade sempre tem um preço!

A primeira questão que você empreendedor e futuro empresário deve se fazer é: será que vale a pena contratar um serviço gratuito para abertura da sua empresa?

Antes de tomar qualquer decisão, é preciso avaliar muito bem essa situação.

Considere 2 aspectos muito importantes antes de aceitar essa gratuidade:

1º. O primeiro aspecto que deve levar em consideração é que na realidade nunca existe nenhuma total gratuidade, ok. Na verdade, o que existe sempre por trás desse tipo de oferta de serviço é uma troca.

Por exemplo, pode até ser verídico que a abertura da empresa seja gratuita, mas desde que você mesmo faça toda a execução do serviço, isto quer dizer que a empresa só preenche determinados formulários e depois você que terá que ir até o órgão, você que terá que enfrentar filas, e ainda vá perder muito mais tempo para realizar a abertura da empresa do que gastaria se contratasse o serviço de outra empresa especializada e que cobrasse pelo serviço completo.

Então, só aí você já gasta grande quantidade de tempo, o qual poderia estar trabalhando na gestão estratégica da sua empresa, realizando um serviço que deveria ser executado por profissionais que resolvem todas as questões burocráticas para você com muito mais agilidade e com uma margem de erro muito menor, do que quando você mesmo “se aventura” realizar procedimentos que estão fora do seu conhecimento e área de atuação. Sem mencionar os custos que você terá com deslocamento, estacionamento, entre outros.

2º. O segundo aspecto que você também deve considerar é o de que aceitar esse serviço gratuito na realidade você está assinando um contrato de permanência com aquela empresa contábil.

Os contratos mais usuais por essas empresas, são de 12 meses, então depois de aceitar a oferta de serviço, independentemente de você gostar ou não do serviço prestado pela empresa, você se vê obrigado a continuar com a mesma por todo esse período em função da assinatura do acordo que fez.

Portanto, é preciso ter cautela e entender a fundo tudo o que permeia essas ofertas de gratuidades, afinal sabemos que nada é de graça e sempre que um serviço é ofertado dessa forma, algum tipo de preço vem engajado ao mesmo.

As relações comerciais são sempre permeadas por trocas, dessa forma, é importante estar sempre atento as peculiaridades de toda negociação, quais são as condições que terá que seguir para então ter acesso ao serviço, para poder decidir se é ou não benéfica a necessidade ou demanda da sua empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale com a gente