fevereiro 2013

Workshop de Marketing Contábil

  Workshop de Marketing Contábil 8 HORAS DE CONTEÚDO EXCLUSIVO com autor do livro Estratégias de Marketing Contábil Anderson Hernandes 22 de Março de 2013 – Sexta-feira – das 9h às 18h   Conteúdo do Workshop: ESTRATÉGIAS DE MARKETING CONTÁBIL – Como pensa o cliente contábil – Deixe de depender de indicações dos seus clientes – O cenário do mercado para empresas de contabilidade – O composto do marketing contábil – Como reposicionar seu escritório para um mercado rentável – Estratégias de preço ESTRATÉGIAS DE Continue lendo

Fazenda de São Paulo amplia controle sobre operações

  Fazenda de São Paulo amplia controle sobre operações A Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo informou ontem, por meio de comunicado, que ampliou o controle eletrônico das operações interestaduais em uma ação integrada com outros quatro estados. A partir de informações em tempo real, os fiscos paulista, gaúcho, pernambucano, baiano e de Santa Catarina passam a verificar a situação cadastral do destinatário das mercadorias. Se forem identificadas irregularidades, a emissão da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) será denegada pelo Estado de origem e Continue lendo

Justiça Federal confirma mais uma decisão do Carf

  Justiça Federal confirma mais uma decisão do Carf A Justiça Federal deu mais um sinal de que não deve aceitar questionamentos contra decisões favoráveis aos contribuintes proferidas pelo Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) – última instância para a discussão de autuações do Fisco. Das 59 ações populares propostas, duas já foram julgadas a favor das companhias. Nessas ações, a advogada Fernanda Soratto Uliano Rangel discute decisões do órgão que anularam autuações fiscais, algumas delas bilionárias. Ainda cabe recurso das decisões judiciais. Na sentença Continue lendo

Notas começam a ser rastreadas

  Notas começam a ser rastreadas A Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (Sefaz-SP) desenvolveu um aplicativo que deve coibir o uso indevido de cadastros nas transações comerciais. A ferramenta está disponível há duas semanas no endereço www.fazenda.sp.gob.br/nfe e permite às empresas conferirem pela internet a relação de notas fiscais eletrônicas emitidas contra o seu CNPJ. Com o Aplicativo de Manifestação do Destinatário, que pode ser baixado gratuitamente, as empresas destinatárias de notas fiscais poderão validar os documentos emitidos e, caso contrário, informar Continue lendo

Empresas podem verificar situação fiscal de clientes

  Empresas podem verificar situação fiscal de clientes As empresas passaram a receber automaticamente informação da situação fiscal de clientes em operações interestaduais envolvendo São Paulo, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Bahia e Santa Catarina. Uma mensagem é gerada com a emissão da nota fiscal eletrônica (NF-e). Em caso de irregularidade, o documento é denegado pela fiscalização. Desde 2012, de acordo com o supervisor de fiscalização de documentos digitais da Secretaria da Fazenda de São Paulo (Sefaz-SP), Marcelo Fernandez, a informação é gerada em vendas Continue lendo

Receita planeja deflagrar 25 operações em 2013

  Receita planeja deflagrar 25 operações em 2013 Operações serão resultado de investigações sobre fraude, contrabando e lavagem de dinheiro que estão em andamento Renata Veríssimo, da Agência Estado BRASILIA – A área de inteligência da Receita Federal pretende deflagrar este ano entre 20 e 25 operações de combate à fraude, contrabando, lavagem de dinheiro e descaminho. O coordenador-geral de Pesquisa e Investigação da Receita, Gerson D''Agord Schaan, disse que estas operações serão o resultado de investigações que estão em andamento. Segundo ele, entre quatro Continue lendo

A segurança como primeiro item

  *Por Alessandro Ragazzi   Evento é um acontecimento sempre planejado para reunir um grande número de pessoas. De acordo com dados do SEBRAE, ocorrem todos os anos no Brasil mais de 330 mil eventos, envolvendo 80 milhões de participantes resultando na geração de cerca de três milhões de empregos diretos, terceirizados e indiretos. Só nos últimos dez anos, esse segmento cresceu cerca de 300%.   Mas de todos os grandiosos números que compõem esse cenário cada vez mais promissor, um item é primordial e Continue lendo

O Sped não solucionará nossas distorções tributárias

  O Sped não solucionará nossas distorções tributárias Por Roberto Dias Duarte A foice é uma ferramenta muito importante para a história da humanidade. Seu uso possibilitou o crescimento das práticas agrícolas que marcaram o fim dos povos nômades na Pré-história. A melhoria nas técnicas de cultivo possibilitaram a fixação do Homo sapiens e o surgimento de vilas e cidades. A tecnologia da foice é bastante antiga, sendo que há evidências do uso dessa ferramenta, ainda em pedra, há cerca de 3.000 a.C.. O Sistema Continue lendo

Estados refazem cálculos de perdas e ganhos com alíquota única para ICMS

  Estados refazem cálculos de perdas e ganhos com alíquota única para ICMS Por Marta Watanabe | De São Paulo Um mês depois de entrar em vigor a Resolução 13, do Senado, que teve como objetivo acabar com a guerra fiscal dos portos, Estados refazem os cálculos sobre o impacto que a medida pode ter, numa sinalização de como será complexo medir o efeito na arrecadação de uma unificação total do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) interestadual, pretendida pelo governo federal. A Continue lendo

Pequena e média que abrir capital poderá ter custo abatido do IR

  Pequena e média que abrir capital poderá ter custo abatido do IR JULIA BORBA DE BRASÍLIA As pequenas e médias empresas que decidirem abrir capital na Bolsa de Valores devem conseguir abater no Imposto de Renda, em quatro ou cinco parcelas, os gastos para esse processo. Essa é uma das propostas mais avançadas dentro do governo para estimular a entrada na Bolsa de companhias de menor porte, que resistem em considerar o mercado de capitais como alternativa para levantar recursos e crescer. Dentre os Continue lendo

Por uma tributação mais justa

  Por uma tributação mais justa Gustavo Schifino Pequenas empresas e grandes impostos não combinam. Boa parte dos comerciantes da Capital é de pequeno porte e representa a maioria dos empregos da nossa economia. Cerca de 80% deles aderiram ao Simples Nacional, segundo levantamento da CDL Porto Alegre. Conforme este regime diferenciado, os tributos variam de 4% a 11%, caso se chegue ao teto de faturamento, que é de R$ 3,6 milhões anuais. Embora seja significativo, é um encargo aceitável e levou muitas empresas à Continue lendo