A ECD e a troca de contador

Esse artigo vai para você que mudou de contador em 2016 e agora vai ter a entrega da Escrituração Contábil Digital – ECD em 2017. Darei dicas importantes que vão te auxiliar no seu processo de troca de contador.

A Escrituração Contábil Digital (ECD) é parte integrante do projeto SPED e tem por objetivo a substituição da escrituração em papel pela escrituração transmitida via arquivo, ou seja, corresponde à obrigação de transmitir, em versão digital, os seguintes livros:

 I – Livro Diário e seus auxiliares, se houver;

II – Livro Razão e seus auxiliares, se houver;

III – Livro Balancetes Diários, Balanços e fichas de lançamento comprobatórias dos assentamentos neles transcritos.

Um fato comum hoje é um empreendedor que tem um contador transfere esse serviço para outro profissional equivalente, por inúmeros motivos no decorrer do ano. Essa troca de profissional contábil pode gerar muita dor de cabeça e trabalho se você não tomar os cuidados devidos. Vou exemplificar os tipos de problemas que pode enfrentar. Supondo que essa mudança ocorra no mês de agosto, o restante do ano será atendido por outro profissional. O que acontece na entrega da Escrituração Contábil Digital – ECD do ano seguinte?

A ECD na troca de Contabilidade

Caso isso aconteça é importante que saiba que os dois profissionais de contabilidade são responsáveis pela entrega desses arquivos, cada um pelo seu período. Se essa troca acontecer no mês de agosto, por exemplo, o primeiro deve disponibilizar o arquivo ate mês oito e o outro ate o mês doze. Eles devem gerar os arquivos correspondentes ao período em que atendeu o cliente e transmiti-los para a receita federal. Serão livros diferentes. E responsabilidades técnicas diferentes também.

Uma observação bastante importante é que o empreendedor falar somente com o ultimo profissional para emissão da Escrituração Contábil Digital – ECD, esse novo profissional tem que te instruir a procurar  também aquele que prestou o primeiro período de serviço.

É importante que saiba, não há como esse novo profissional obrigar que o anterior entregue isso, mas ele pode te ajudar nessas tratativas. Aqui na Tactus não passamos por esse problema nós armazenamos as documentações necessárias para disponibilizar se ocorrer de um cliente sair no meio do período e ele tiver que entregar a ECD. Só que dentro de algumas empresas de contabilidade, pela alta rotatividade do pessoal, pode ser que você não localize mais o profissional que te atendia.

E como é que você fica nessa situação? Caso você entregue o arquivo pela metade vai ter uma irregularidade na sua ECD é claro, além disso, ficará sujeito a uma fiscalização tributária que vai impactar diretamente na sua distribuição de lucros caso ela tenha isenção de impostos. Se não houver uma declaração coerente o saldo final do primeiro período não vai bater com o saldo inicial do período seguinte.

ECD entregue com informações faltantes:

Cuidados na Escrituração Contábil Digital

No âmbito da contabilidade não há a possibilidade do primeiro período usar um plano de contas diferente do segundo onde vai causar essa diferença e os saldos não baterão, havendo aí uma divergência muito grande de valores informados. Por esse motivo é importante que o segundo profissional faça um trabalho complementar ao primeiro. Você deve ser muito cuidadoso ao entregar a ECD, é um documento muito importante e merece atenção a cada um de seus detalhes.

O primeiro profissional deve entregar o arquivo e o segundo dar continuidade nessas informações fazendo a implantação do saldo. Desse modo não vai haver problemas no arquivo da ECD que será entregue.
Caso decida fazer essa troca de contador no meio do período tem que ser bastante cauteloso, o que pode parecer um ótimo negocio será um problema futuro se não houver seriedade na entrega das informações.

Ressalto a importância de contratar uma empresa séria e responsável para executar esse tipo de serviços. O seu novo contador deve estar ciente dessas peculiaridades quando pegar a sua empresa, para poder te informar sobre esse processo. Da mesma maneira o que não esta mais prestando serviços deve ter consciência de que o cliente continua sendo “dele” até entregar todos os documentos necessários nos prazos que são cabíveis, porque o primeiro prestador ainda é responsável técnico pela sua empresa.

Fiquem atentos a esses detalhes se mudou de prestador de serviço no ano anterior à entrega da ECD, é importante que considere tudo isso antes de fazer a troca, até onde vale a pena. E se caso for trocar efetivamente ter um contador responsável para passar a você e ao seu prestador de serviços atual os arquivos necessários. Fiquem atentos! Contratem uma empresa séria para prestação de serviços contábeis, assim você pode excluir esse tipo de problema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *