Passo a Passo de Como Criar Cursos Online

Esse é um artigo voltado para você que deseja criar e lançar um curso na internet e atua como especialista, professor, palestrante ou possui conhecimentos que podem ser monetizados pela internet.

Produzi esse artigo pensando em você que está de olho no mercado digital de cursos e palestras. Nas minhas palestras e até encontros com amigos, recebo várias perguntas sobre o grau de dificuldade para ingressar nesse mercado digital e quais os desafios presentes nele. Vou tirar as suas dúvidas de quem está no mercado off-line e é habituado a atender um tipo de público presente em palestras onde praticamente se torna o produto, porque vende a sua ideia e conhecimento.

Dentro desse contexto até escreve alguns livros para embasar suas palestras, assim expõe de maneira mais clara o conhecimento que será comprado e absorvido. Esse mercado em relação ao mercado on-line tem um bloqueio. Alguns palestrantes conhecidos conseguiram furar esse bloqueio e tem bons resultados.

De palestrante a cursos online

Pessoalmente falando eu venho desse mercado de palestras. No passado, antes de virar a chave do mercado digital, priorizava minhas palestras presenciais, meus cursos, e em dar workshop. Com isso grande parte dos meus dias eu passava viajando.

Mas eu escolhi fazer uma mudança na minha carreira, um tipo de migração. E eu não estou dizendo que não faço mais palestras, eu faço sim. Mas hoje posso escolher onde, quando e se quero fazer essas palestras, é uma das vantagens que obtive com o mercado digital.

Produzi para vocês uma orientação, para que entenda de forma mais prática como funciona esse mercado, e qual a possibilidade de que você migre para ele nas suas atuais condições e níveis de conhecimento.

A primeira dica que trago é para enxergarem que existe o mundo off-line que é formado pelo sistema tradicional onde você faz o atendimento do seu cliente em cada cidade viajando, dentro disso ministra treinamentos pessoalmente.

Nesse mercado o seu retorno é devido às palestras que faz, por indicação de quem contratou ou de quem assistiu. Tem também a questão de que você levar seus livros e seus DVDs, para fazer a divulgação do seu trabalho de forma mais efetiva. Quando  um evento termina você dispõe os seus produtos para que sejam comprados, e não há nada de errado nesse sistema, pois isso ainda funciona e da um ótimo resultado.

Agora existe outro mundo, onde todas essas interações pessoais com os clientes não irão existir, ele vai ter contato com você apenas pela internet, esse é o mundo digital. Algumas diferenças são bem pontuais e esse é o primeiro desafio que enfrenta quem vai ingressar. Você vai limitar entregas de valores, por exemplo, pela internet. Antes que se empolguem quero que compreenda que o seu sucesso no sistema off-line não garante o seu sucesso no mundo on-line e vice versa, pois são mundos com linguagens e públicos bem diferentes.

Como Criar uma Autoridade no Mercado Online e Produzir Conteúdo Online 

 Quando você participa de um evento presencial tem uma interação muito completa com os seus clientes. É costume de quando acaba uma palestra se forme uma fila para pedir autógrafos, as pessoas conversando e te questionando pessoalmente. E tem também a reação espontânea delas durante a sua fala que é muito importante.

Agora para que você tenha sucesso no mercado on-line precisa de um pouco mais do que carisma. Tem que produzir muito conteúdo, e preferencialmente em forma de vídeo. Porque é a maneira mais dinâmica para que prenda o cliente a você, a intenção é construir familiaridade, para que ele se sinta seguro em aprender com você.

Invista em conteúdos voltados ao seu nicho de mercado

Se começar com conteúdo apenas para leitura não vai conseguir isso. Você pode disponibilizar também um e-book que será outro tipo de produto digital.

Como começar sua autoridade…

O primeiro passo é criar um canal no Youtube, ele vai ser o seu portal de acesso para o mercado onde você deve criar um processo de influência. Nesse canal você vai iniciar com a entrega de conteúdo gratuito, e isso muitas vezes significa gravar uma palestra inteira e disponibilizar. Não precisa se preocupar, pois dessa forma não vai parar de vender as suas palestras.

Meus estudos mostram que quem assiste a uma palestra no formato on-line não deixa de assisti-la de maneira presencial, ai você já pode começar a sentir a diferença entre esses dois mundos, e entender que para as pessoas não é tudo a mesma coisa.

No seu canal no Youtube precisa fazer um trabalho bem consistente de divulgação. Essa disponibilização de conteúdo pelo Youtube deverá ser no mínimo semanal. Eu produzo conteúdos diários para o meu publico, que é um publico restrito, se divide basicamente entre empresários e estudantes de contabilidade. Eu produzo esses conteúdos baseado naquilo que sei que eles precisam. E esses meus produtos oferecem instruções a eles de modo que entendam o que eles devem fazer, mas não exatamente passo a passo como fazer.

O conteúdo gratuito é uma forma de “amostra”, ele assiste e vê que eu posso ajuda-lo então contrata um dos cursos especificamente voltados ao assunto que tem interesse. Ai sim, quando o cliente comprar esse curso estará recebendo habilitação para fazer as coisas que eu proponho de modo correto e detalhado. Por isso dentro do Youtube você deve publicar conteúdos constantemente, só que tenha claro que esse conteúdo sozinho não vai bastar para seu resultado.

O Youtube é uma parte integrante da sua estratégia, mas não é a única opção para conquistar audiência e visibilidade no mercado!

Você precisa trabalhar e taguear (uso de tags na internet) as palavras chave nesses conteúdos, vai ter que comprar tráfego especifico direcionado a esses conteúdos. Um vídeo jogado no Youtube não basta, vai ter que investir um dinheiro para comprar o tráfego daquele vídeo e precisa também produzir artigos que sejam baseados nesses vídeos.

Eu tenho uma redatora que produz esses artigos pra mim, eu passo pra ela cada um dos meus vídeos e ela transforma em conteúdo escrito. Quando eu passo o link do vídeo para ela, envio as palavras chave que eu quero que ela destaque nesse conteúdo. Ela usa técnicas de SEO (Search Engine Optimization) para isso, que é justamente a pesquisa que o Google utiliza espécie de técnicas que para ranquear o conteúdo.

E eu faço um acompanhamento disso do que está sendo buscado, com o uso de ferramentas especializadas. Então, alguns termos eu preciso dominar no mercado on-line, os que são inerentes a minha atividade como palestrante, escritor e uma pessoa de influência digital. Então dentro desses aspectos eu vou sempre trabalhar esses conteúdos destacados, para que eu possa manter esse a minha visibilidade e adquirir um trafego orgânico satisfatório.

É assim que vai começar a ter os seus primeiros resultados!

Quanto tempo pode levar até tudo isso acontecer? Isso é um pouco impreciso para que eu te diga, talvez leve cerca de seis meses, isso investindo muito conteúdo no seu canal e junto a todos os trabalhos que citei acima, para que comece a ter os primeiros resultados. A primeira coisa que tem que saber é que a geração do conteúdo não garante resultados.

Dicas para Gravar um Curso Online e Transformar em um Produto Digital 

O produto digital não deve acontecer dentro dos seus negócios logo no inicio. Na minha carreira já vi iniciantes nesse mercado querendo começar com o produto digital antes de fazer uma construção de imagem consistente no mercado digital. E qual o resultado dessa ação precipitada? Provavelmente nenhum!

Sem que construa uma base de leads e uma base de pessoas que tem interesse em adquirir um produto digital com a sua marca pessoal, não vai conseguir chegar a lugar algum.

O fato de alguém assistir a uma palestra não quer dizer que comprará o seu produto digital. Muitas vezes você não tem a experiência necessária pra esse processo de convencimento, que envolve palavras chave, gatilhos e jeitos de lidar com a câmera.

Precisa aprender e se apropriar de uma postura persuasiva, que vai te ajudar a influenciar as pessoas a se aventurarem comprando seu produto digital. Você que é um palestrante não se engane, gravar um DVD não é o mesmo que gravar um produto digital eu já gravei mais de vinte e sei do que estou falando.

Vou te contar uma história, meu primeiro produto digital não gerou pra resultado algum. Na época sem ter conhecimento eu simplesmente peguei um combo que eu vendia muito como DVD e lancei como produto digital, foi um fracasso.

 

A percepção de valor no mercado on-line é diferente. O meu produto quer era entregue na maneira física dentro de uma caixinha, com embalagens e tudo mais perdeu o valor no mercado digital. Mesmo que eu estivesse oferecendo aquele mesmo conteúdo pro seu cliente pela metade do valor,  ele acaba se sentindo enganado, pra ele aquilo é pouco. Até porque a forma de gravação é diferente, no mercado digital tudo deve ser mais espontâneo, e não ter todas as firulas de um DVD. O seu cliente digital tem outro perfil, ele procura praticidade e linguagem direta, usando essa “receita” produzirá até mais conteúdo.

Quando produzir o seu conteúdo on-line deve ser direto, um vídeo de trinta minutos, por exemplo, fará o seu cliente dormir na frente da tela. É um mercado que busca por agilidade, conteúdo dinâmico e preciso. Por isso digo que é muito diferente. Para que produza produtos que agradarão ao mercado, você pode se espelhar em pessoas que estão vendendo esse tipo de produto e obtendo sucesso. Compre e estude o produto da pessoa mesmo que não seja da sua área, o importante é o contexto de tudo.

Eu por exemplo tenho um produto de muito sucesso que foi gravado em onze países, sendo que toda essa gravação foi ao ar livre em diferentes cenários e com um objetivo muito especifico, onde direcionei a gestão de empresas contábeis. Essa sacada de usar uma didática diferente funciona. Então é por isso que estou te dizendo que são mercados diferentes não coloque os pés pelas mãos.

Ferramentas de Marketing Digital para Lançar Cursos Online e E-mail Marketing 

Eu percebo que as pessoas têm uma dificuldade de entender como funcionam as ferramentas, vou tentar exemplificar de uma maneira clara. Inicialmente vai precisar construir uma página com uma ferramenta que consiga fazer a coleta dos seus leads, nessa página você vai disponibilizar conteúdo gratuito a coleta dos seus leads, é uma troca. Você oferece conteúdo ao mercado de maneira gratuita e coleta os seus leads que serão enviados a um funil de relacionamento.

Esse funil em longo prazo visa fazer uma conversão, mas não é porque a pessoa se cadastrou no seu canal que ela vai comprar alguma coisa sua. Dentro desse funil você vai indicar a essa pessoa uma coisa que a interesse. E com isso ela vai receber  uma sequência de e-mails onde em certo momento oferecerão o produto a ela como forma de sugestão.

O seu público precisa ser persuadido que o seu conteúdo pago atende as necessidades e expectativas dos prospects

Dentro desse mercado você precisa de ferramentas, como um bom site, páginas com sequencias lógicas que vão conter gatilhos, depoimentos de pessoas que já compraram e etc.

Nessa página também você deve determinar a garantia que é diferente para cada situação, como a quantidade de conteúdo e o tempo que vai entregar. Você precisa inserir ao menos no rodapé da sua página os termos de compra desse produto. Não se trata de uma venda simples e automática, e sim uma venda por uma página especifica que precisa ser elaborada por um web designer ou por alguém que saiba de fato construir com todos os acessórios que seus clientes vão precisar inclusive um chat se for necessário para dar suporte.

 

Pra ter ideia hoje dentro dos meus cursos temos cerca de quatro mil alunos. Para atender esse público eu conto com uma pessoa que faz a edição dos meus vídeos, e mais duas pessoas que dão todos outros tipos de suporte a mim e aos alunos. Às vezes eu gravo um ou outro vídeo sozinho, mas normalmente tem alguém me gravando.

Existe todo um entorno de ferramentas que você precisa para lançar um produto on-line, e não é tão simples assim. Você precisa mergulhar um pouco mais na questão das ferramentas. A ferramenta que mais uso se chama LeadLovers, que é bem completa, ela oferece uma automação de marketing digital bem interessante e completa.

Dicas de Equipamentos de Gravação de Vídeos para Lançar um Curso Online 

Vou falar pra você como foi o meu começo relacionado à gravação de vídeos. Eu comecei sozinho, comprei uma câmera que eu nem sabia operar direito. Os primeiros vídeos saíram com a qualidade bem baixa. Eu mesmo fazia as minhas gravações e editava num programa chamado MovieMaker que nem está mais disponível no Windows. Mas com o tempo eu fui aprendendo, vi alguns tutoriais da internet e também ganhei experiência.

A qualidade que eu tinha anteriormente nem se compara a minha qualidade atual que é muito superior. Mas foi o meu começo, junto a outras pessoas que estavam iniciando também no mercado digital e lançando seus produtos correndo os mesmos riscos.

Hoje as coisas mudaram de figura, a qualidade que era aceita antes não é mais. Precisamos acompanhar essa mudança porque as pessoas procuram também qualidade, se lançar um serviço ruim com certeza vai queimar o seu nome no mercado.

Você precisa ter um suporte mínimo, isso consiste em uma câmera de qualidade, uma lente razoável e iluminação. E quanto mais profissional a câmera, mais liberdade pra se expressar de forma natural você terá. Outra alternativa altamente viável é ter um parceiro que vai te produzir, onde vai dar a esse parceiro um percentual do seu faturamento. Hoje existem também agencias de lançamento, o que pode ser uma opção interessante pra você que esta começando.

Aqui na Tactus dispomos de estúdio e outros equipamentos para gravação, estamos construindo a imagem digital de outro empreendedor. A experiência conta muito e isso nós temos, e como ele é nosso parceiro não precisa se preocupar com nada cuidamos de todos os detalhes. Não há problema algum se quiser mais tarde tocar isso sozinho, mas primeiro aprenda a fazer, faca com alguém que já tem conhecimento e depois se achar que vale a pena investir em estrutura ok, mas comece dessa forma.

Os Resultados com a Venda de Cursos Online na Internet e o Passo a Passo de Lançamento 

Você que chegou até aqui espero que tenha entendido a sequência das dicas que dei pra você acima, são valiosas para furar essa barreira existente e entrar no mercado digital.

Depois que comecei a focar o mercado digital a minha vida mudou muito, eu tenho uma empresa que é a Tactus, que é especializada em atender negócios digitais. Fazemos na prática contabilidade dos negócios digitais. Eu fui para o mercado digital quando percebi uma oportunidade de ganhos maiores. Só que nesse meio tempo minha empresa cresceu muito, e ela exige que eu fique mais tempo junto a minha equipe de base. A cinco anos atrás eu viajava cerca de cem vezes por ano.

Depois que eu ingressei nesse mercado online tudo isso mudou, as palestras que não me interesso em fazer posso abrir mão. Consegui essa condição porque se eu sair da minha empresa eu acabo deixando de fazer coisas que seriam mais rentáveis que essa palestra, assim como ajustar estratégias com a minha equipe para poder vender mais. Hoje eu tenho a condição de escolher os eventos que vão me trazer retorno. O mercado on-line permite que eu faça um investimento muito menor para obter resultados, eu posso pegar um produto e impulsiona-lo a venda com um pequeno investimento e ainda sim vou obter um retorno satisfatório.

Eu contrato algumas pessoas para me ajudar, como eu disse tenho uma redatora para os artigos e às vezes uma assessoria de empresa. Mas mesmo assim eu vejo um retorno muito maior do que eu tinha anteriormente no mercado off-line.

Quando penso em faturamento e rentabilidade tudo melhorou.  Principalmente qualidade de vida junto a minha família que mudou drasticamente.

Tenho colegas que ainda não quebraram a barreira que existe entre o off-line para o on-line. Cada vez que os vejo percebo que estão cansados e estressados, sem nenhum tempo livre para produzir um produto digital. E tudo isso tem uma ligação, caso ele abra mão de uma palestra que cobre por volta de R$ 3.000,00 e leve cerca de 2 dias entre ir ministrar e voltar, ele não vai ter faturamento adicional nenhum.

Talvez se ele substituísse essa palestra por um produto digital ganharia três vezes mais. Só que muito provavelmente ele não pode abrir mão desse dinheiro que é garantido ou tem medo de fazer isso. Porque hoje criar uma estratégia e lançar um produto digital na internet é muito desafiador.

Uma dica valiosa que eu repito é: aprenda com quem já quebrou essa barreira, com quem entende disso na prática. Se quiser tomar esse tipo de iniciativa sozinho, sem um treinamento e sem entender de fato o que existe por trás de tudo isso, vai ficar difícil.

Espero que você tenha entendido um pouco da visão que procurei te passar sobre esse mercado. Entendido acima de tudo, que esse sucesso no mercado off-line é uma construção e pode levar um tempo. No meu caso levou quase um ano para que eu pudesse ter a liberdade de escolher de palestras e os eventos de quais participaria, e ter tempo para me dedicar à parte on-line.

Hoje eu ainda faço palestras, mas se eu as tenho em minha agenda são porque eu escolhi fazer. Eu escolho lugares que são cômodos pra mim, para ir e voltar. Onde eu não tenha um desgaste na viajem. Caso contrário eu abro mão, pois eu consigo faturar muito mais permanecendo na sede da minha empresa com aminha equipe.

QUERO RECEBER MEU LIVRO AUTOGRAFADO!

O resumo de tudo isso é:  você também pode chegar lá!

Se conseguir quebrar a barreira e adentrar esse mercado e quiser uma empresa especializada para cuidar da sua contabilidade a minha empresa é especializada nisso, e pode te ajudar também na parte de gestão e em várias outras áreas. Isso para que possa obter melhores resultados sempre.

Espero que esse conteúdo tenha sido válido, eu tenho uma bagagem de experiência muito grande que eu posso partilhar.

Esse mercado é fantástico, assim que virar a sua chave vai entender do que eu estou falando.

Siga minhas dicas e será mais um caso de sucesso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *