Melhor abrir MEI ou microempresa no simples nacional?

Nessa matéria eu quero dar uma rápida explanação para você que está sendo um empreendedor agora e tem alguma dúvida sobre ter um MEI (Microempreendedor Individual) e ter uma Microempresa no Simples Nacional.

Tecnicamente falando, ambos são do Simples Nacional. A grande diferença é que o microempreendedor individual pode, por exemplo, ter um desconto significativo de seu imposto.

Vamos colocar de um modo prático que ele vai pagar uma média de 50 reais de imposto por mês, ok? Então você já vê por aí que é uma grande vantagem. Enquanto no Simples Nacional, numa média, você vai pagar 6% de imposto para começar seu negócio, sendo assim, você vai pagar muito mais.

Se você considerar, por exemplo, uma empresa que fatura os mesmos 5 mil reais, que é o limite que você tem, basta você fazer a multiplicação que você verá a diferença que você tem de imposto.

Então, como é que você vai decidir se você vai abrir um MEI ou se você vai abrir uma microempresa?

Primeira coisa que você precisa considerar é se a sua atividade é permitida ser MEI, muitas vezes você quer abrir o MEI, mas a sua atividade não permite. Então você precisa entrar no Portal do Empreendedor e lá no portal tem a lista de atividades.

Não tem problema, se você precisar de uma assessoria para fazer isso, você tem a garantia que essa assessoria será gratuita para você.  Só que você precisa requisitar uma empresa que esteja alistada como sendo as empresas contábeis habilitadas para isso.

Existe um acordo entre o governo e as empresas contábeis, na qual essas empresas contábeis não podem te cobrar por esse tipo de serviço. Então você terá que ver a empresa contábil mais próxima da sua empresa, para você poder ser atendido em relação a isso. Mas é importante que você saiba como funciona, para que você não tenha problemas ao próprio governo. Você olhou no portal as atividades, e se a sua atividade for permitida, ok, você pode abrir.

Segundo ponto que você precisa ponderar é o seu faturamento. O que seu faturamento? É a venda total que você vai ter do seu produto, ou do seu serviço. Não é o lucro, é a venda total. Então se você vende produtos físicos, se você tem uma lojinha, você vai abrir um MEI e você precisa considerar que o seu faturamento não pode ser mais do que 5.000 por mês.

“Você pode pensar, eu li que é 60 mil, que eu posso abrir o MEI no mês de outubro e aí eu posso faturar 60 mil”. Não, você não pode não. Os 5 mil mensais é o que você tem que considerar hoje, ano de 2017, em 2018 isso vai mudar e depende do momento que você está lendo isso aqui.

É 5 mil por mês, e nada mais. Não pode considerar 60 mil, porque senão ficaria muito fácil. Eu abro uma empresa em dezembro e eu faturo 60 mil reais, e aí, eu não vou deixar de ser MEI para o ano seguinte. Existe uma regra para a proporcionalidade desse valor.

Você olhou esse segundo ponto aqui, vai se mandar nos 5 mil reais. “Mas, eu posso abrir? E aí eu vou faturar 15 mil, e depois, só lá na frente que eu vou desenquadrar. Não! Porque se você desenquadrar acima de 20%, você terá que voltar para trás, e recolher o imposto atrasado.

Não vale a pena para você. Então nesse caso também, você teria que abrir uma microempresa, porque na microempresa você tem um limite de faturamento muito mais alto, para daí você conseguir ter muito sucesso.

Então, olhe especificamente primeiro se a sua atividade pode, olhe se você vai faturar os 5 mil reais por mês apenas. Se você já tem uma previsibilidade de faturar um volume mais alto, daí você já abre uma microempresa, que você não terá problema e você só pode ter um funcionário como MEI, você não pode ter dois ou mais funcionários, se você fizer isso, você terá problema.

Considere esses aspectos aqui. MEI é para quem está começando do zero, que está começando bem pequenininho, que precisa ter uma maneira de manter a regularidade. Agora, o governo não quer saber de você que quer ter um negócio muito maior, que quer faturar muito mais e ficar como MEI, porque ele vai sair perdendo e ele não vai abrir mão de perder esse valor.

Muito cuidado! Se você precisar de ajuda, procura a gente! Se nós tivermos condições de atender sua atividade, vai ser um prazer te ajudar.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *