Como Abrir uma Clínica Médica – Os cuidados necessários com a Documentação

Nessa matéria vamos mostrar pra você que quer abrir uma clínica médica, quais são alguns cuidados e observações importantes que você precisa se atentar.

Então, primeiramente, vamos falar sobre a questão da tributação. Apesar de eu não adentrar especificamente nesse assunto, porque normalmente nós avaliamos caso a caso, é importante que você saiba que nós temos duas formas de tributação principais para clínicas médicas: ou você vai ser uma clínica Simples Nacional, que tem particularidades muito específicas, ou você vai ser uma clínica em um lucro presumido. Então, o que vai determinar se vale a pena ser Simples Nacional ou luco presumido normalmente são os seus custos de folha de pagamento. Então, se você tiver uma folha de pagamento alta, por exemplo, se as pessoas que prestarem serviço forem contratados como CLT, então você vai ter ali uma relevância na parte tributária que vai normalmente te levar para um Simples Nacional.

Mas não dá para nós precisarmos como vai ser o seu caso, por isso é importante que você faça um planejamento tributário prévio para saber o que mais vale à pena. Até porque a tomada de decisão que você vai ter em relação a esse assunto vai implicar em tudo aquilo que vai acontecer nos próximos meses dentro daquele ano em questão. Então, por exemplo, se você tiver aberto no mês de março, se você tomar uma decisão errada, você vai ficar nessa decisão errada até o final de dezembro.

Isso pode influenciar diretamente a sua rentabilidade, porque se você tiver, por exemplo, mais imposto para pagar, consequentemente, vai te custar muito mais caro o seu negócio. Então essa é a primeira atenção que você precisa ter. Relembrando o assunto: se você, por exemplo, for nosso cliente, nós vamos fazer esse trabalho prévio para você, para que tenha segurança da melhor forma tributária para você.

Outro cuidado que você precisa ter é em relação às licenças que você vai ter como obrigatórias para sua clínica médica. Por exemplo, vamos imaginar uma situação bem específica. Vamos imaginar que você tenha uma clínica ortopédica. Nesse caso, você vai ter algumas licenças que vão depender do que você vai ter dentro da sua clínica. Se você tiver, por exemplo, curativos, você vai ter uma licença específica para isso. Se você tem um raio x, o que normalmente se aplica nesse caso, você vai ter uma licença específica para raio x.

Então, desde a parte de corpo de bombeiros, desde a parte de laudos necessários, como laudos de instalações elétricas, desde a parte dos laudos dos equipamentos que você vai utilizar, desde a parte da liberação da vigilância sanitária, não só do negócio em si, mas também especificamente de alguns equipamentos que você vai utilizar, você precisa então ter todos esses documentos, então mais uma vez isso requer muita atenção para você que é empresário, porque não basta você simplesmente achar que vai abrir a clínica médica e vai abrir em um tempo rápido.

Você vai, por exemplo, abrir a clínica médica, mas terá que liberar essas licenças necessárias para poder, então, ter esses aspectos todos. Então, o que nós vemos muitas vezes que acontece é que o empresário não leva em consideração esse tempo necessário, e não leva também em consideração esses custos que ele terá.

Aqui na Tactus, mesmo, como nós temos uma experiência muito grande em relação a isso, então antes de nós fazermos o processo de abertura de nosso cliente, fazemos toda uma avaliação do que esse cliente vai fazer, porque se você, por exemplo, vai abrir uma clinica simplesmente para atender de forma popular, o que vem sendo muito comum entre nossos clientes hoje, então, você abre uma clínica com vários consultórios, contrata algumas especialidades e aí você começa a oferecer somente os serviços de consulta, por exemplo.

Nesse caso você tem, ali, uma aplicação das licenças para isso. Agora, se você tiver, por exemplo, procedimentos que vão ser executados dentro da clínica, já  é uma outra história. O que é importante você ter em consideração é que não pode ter um procedimento obrigatório que precise de uma licença sem você estar de forma regular, o que inclui também o alvará de funcionamento.

Então, nesse caso, que é o terceiro ponto que eu quero levar em consideração, é importante que você faça uma prévia se aquele local em que você vai trabalhar é um local que permite ter uma clínica médica, porque não adianta nada você fazer, de repente, uma locação, normalmente esses locais são locais onerosos no ponto de vista de locação, e aí você, por exemplo, loca o local, e chega à conclusão que não dá para instalar aquela clínica depois que você já fez a locação.

Então, o que você faz nesse caso? Ao fazer a abertura da sua clínica, você primeiro procura uma empresa especializada, é importante que seja uma empresa contábil especializada nesse procedimento, e aí essa empresa precisa fazer uma prévia, normalmente tirar uma certidão específica da prefeitura em relação ao alvará de funcionamento, como por exemplo uma certidão de uso do solo, e aí ela vai ter a informação se é possível de fato tirar depois que tiver tudo concluído o processo, o alvará de funcionamento para que você possa, então, trabalhar de forma adequada.

Outra coisa importante, e o quarto item que eu quero citar para você: você precisa considerar os funcionários que vão trabalhar contigo. E como é que você vai então fazer o procedimento correto em cima desses funcionários. Por exemplo, às vezes acontece que você tem ali uma recepcionista, uma pessoa da limpeza, umas pessoas ali que estão inseridas na sua organização, na sua empresa, só que você acaba não registrando elas, então isso te coloca numa situação irregular.

Você, como clínica médica, tem que entender que a sua empresa sofre uma fiscalização mais assídua, então é importante que você fique com a sua empresa regular. E também te protege sobre o ponto de vista trabalhista, porque, image, por exemplo: você já está na clínica há algum tempo, e começa a ter ações trabalhistas por conta de funcionários que não estavam registrados.

Agora, o funcionário registrado traz outros custos adicionais. Se a empresa for, por exemplo, em lucro presumido, você vai ter um imposto maior sobre esse funcionário registrado. Então todos esses fatores devem ser levados em consideração em relação ao seu planejamento.

E por falar em planejamento, esse é um ponto em questão: você precisa fazer um planejamento do seu negócio, fazer todo um processo de planejamento, porque se você não tiver um planejamento adequado, com plena certeza você terá problemas futuros.

Esse planejamento vai além da parte contábil. A nossa experiência aqui pode te ajudar nesse respeito, mas nós vamos focalizar, especificamente, para atender nossos clientes, nesse aspecto contábil, tributário, e procedimentos relativos às licenças necessárias. Então nesse ponto nós vamos reunir com o cliente, ensinar para o cliente quais são os apectos que ele tem que tomar cuidado, e vamos providenciar toda a documentação necessária de acordo com o que manda a lei. Então é importante que você faça esse processo de planejamento para que não tenha problemas.

Vamos revisar um pouquinho do que nós falamos? Eu falei para vocês a importância de se definir ali a parte da tributação, então pense especificamente na tributação, faça essa análise prévia em relação à tributação. Falei das licenças necessárias, então cuide das licenças necessárias, só loque um local no qual é possível você tirar todas as licença, e, também, ao comprar ou trazer os equipamentos para sua clínica médica, defina se esses equipamentos precisarão de licenças específicas para poder trabalhar, como, por exemplo, o caso de um raio-x, que é um exemplo prático em relação a isso, e também as questões dos procedimentos necessários que devem ter licenças.

Tem levar em consideração a questão do alvará de funcionamento, que é importante, e os cuidados que você precisa ter também na contratação de funcionários, especificamente daqueles que estão desalinhados com o negócio principal, como é o caso, por exemplo, recepcionistas, pessoal de limpeza, às vezes o pessoal de manutenção, que são pessoas específicas ali, operadores de raio-x, são pessoas específicas, que você precisa ter, e têm particularidades bem claras em relação a isso. No caso operadores de raio-x têm até um sindicato próprio, que tem regras próprias que devem ser seguidas, e tudo mais.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *