Contabilidade eletrônica no México pretende dificultar a evasão fiscal

Contabilidade eletrônica no México pretende dificultar a evasão fiscal  

Empresas presentes no México têm menos de três meses para se adaptar a Contabilidade Eletrônica, que obriga as empresas a enviarem a sua contabilidade, incluindo Plano de Contas, Saldos e Lançamentos por meio eletrônico.  

Assim como em outros países da América Latina, o México vivencia atualmente a modernização dos processos de emissão de arquivos fiscais eletrônicos.

O curto prazo proposto pelo governo mexicano para as companhias adaptarem os seus lançamentos fiscais conforme as novas regras (que inclui a obrigatoriedade de balancetes mensais, Plano de Contas, Saldos e Lançamentos, emitidos em xml), a ser encerrado em janeiro de 2015, tornou-se um desafio aos departamentos de TI e finanças das organizações. Para as empresas essas mudanças significam relatórios mais rigorosos, e riscos de multas pesadas por erro de contabilidade.

De olho nesse cenário, o Grupo Invoiceware, especialista em equacionar e harmonizar diferentes legislações fiscais, integrando as mudanças aos sistemas de ERP, ampliou seu portfólio de soluções fiscais para o México com a proposta de ajudar as empresas que operam com sistema ERP SAP® a se adaptarem à Contabilidade Eletrônica em até 45 dias, e sem a costumeira necessidade de aplicarem uma série de adaptações ao sistema de gestão empresarial em uso.

“Temos sido consultados por multinacionais que atuam no México para ajudá-los no processo de implementação da Contabilidade Eletrônica, sistema pelo qual o governo mexicano audita os processos de transações monetárias das empresas”, comenta Alexandre Auler, CEO do Grupo Invoiceware. “A experiência do Grupo Invoiceware adquirida no Brasil e em outros países favorece uma implementação rápida e segura dos novos processos dentro da rotina dos negócios”, afirma.

O Grupo Invoiceware conta com uma solução pronta para a emissão de arquivos XML de estrutura do balanço, saldos iniciais e de lançamentos contábeis. “Nosso produto é flexível e não exige, por exemplo, que as empresas precisem atualizar todo o sistema SAP, ou mesmo aguardar pelas OSS notes, o que demandaria muito mais tempo. Os relatórios são extraídos diretamente das tabelas de contabilidade SAP, eliminando a necessidade de bancos de dados duplicados que resultam em problemas de sincronização”, explica Auler.

As multinacionais que operam no México precisam atualizar as informações contábeis geradas entre julho e dezembro de 2014, até 25 de janeiro de 2015, conforme as novas regras divulgadas. A lei mexicana exige das empresas balanços mensais que incluem saldos iniciais de todas e de cada uma das contas de ativo, passivo, capital, resultados de receitas, custos, despesas, etc.

A adoção da Contabilidade Eletrônica visa aumentar a transparência e dificultar a evasão fiscal.

Sobre a Invoiceware 

A Invoiceware é uma multinacional dedicada a equacionar e harmonizar diferentes legislações fiscais. Suas soluções permitem a emissão e o recebimento de documentos eletrônicos em conformidade com a legislação do país em que o cliente esteja atuando e sob medida para a necessidade de cada empresa.

Atualmente a Invoiceware está presente no Brasil, Argentina, Chile, México, Equador e países da Europa, e é uma dos 50 melhores provedores de tecnologia do mundo listados pela Spend Matters Almanac.  

Saiba mais em www.invoiceware.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *