10 artistas que já foram acusados de sonegar impostos

 

10 artistas que já foram acusados de sonegar impostos

Cantora Lauryn Hill foi condenada a três meses de prisão por não pagar suas taxas. Veja quem, além dela, passou por situação parecida

Lauryn Hill

São Paulo – Ser famoso e rico não impede que grandes artistas se vejam enrolados em problemas fiscais. O exemplo mais recente disso foi a cantora Lauryn Hill, condenada nesta semana a três meses de prisão, três meses de confinamento domiciliar e multa de 50 mil dólares por sonegação de impostosfederais. No total, ela devia 1,8 milhão de dólares, acumulados de 2005 a 2007. Ela, claro, não está sozinha neste grupo. Confira a seguir outrascelebridades que passaram por situações 

Pamela Anderson

A atriz da série “SOS Malibu”, que fez sucesso nos anos 90, também teve problemas recentes com o órgão que equivale à Receita Federal dos Estados Unidos. No fim de 2012, foi divulgado pela imprensa internacional que ela devia 370 mil dólares em impostos, sendo que 112 mil eram para o estado da Califórnia e 259 mil no âmbito federal. O valor é irrisório, diante da dívida de 1,7 milhão de dólares, revelada em 2009.

Al Pacino

O ator Al Pacino se envolveu em problemas fiscais no ano de 2011, quando ficou devendo 188 mil dólares em impostos federais, entre 2008 e 2009. Na época, ele responsabilizou seu ex-empresário Kenneth Starr pela falha e tentou consertar a situação o mais rápido possível, para evitar maiores consequências.

Lindsay Lohan

Como se não bastassem os escândalos envolvendo drogas e direção alcoolizada, a atriz Lindsay Lohan teve dificuldades para pagar seus impostos. No início deste ano, a garota-problema devia cerca de 200 mil dólares, relativos aos anos de 2010 e 2011. Em, ela já havia quitado dívidas com a receita americana com a ajuda de um empréstimo feito com o ator Charlie Sheen.

Dionne Warwick

A cantora Dionne Warwick, prima de Whitney Houston, não administrou bem suas finanças e pediu falência neste ano. Ela acumulou dívidas de impostos desde os anos 90, que resultaram em um valor de 10,7 milhões de dólares, principalmente composto por taxas federais e do estado da Califórnia. 

Wesley Snipes

No mês passado, o ator Wesley Snipes saiu da cadeia após cumprir dois anos de reclusão devido ao não pagamento de impostos. Sua dívida com a receita dos Estados Unidos era de 38 milhões de dólares, acumulados entre 1999 e 2004. Agora, ele está em prisão domiciliar, mas, após sua liberação, em julho, voltará à carreira de ator e deverá participar da terceira sequência “Os Mercenários”.

Nicolas Cage

No início do ano passado, o ator Nicolas Cage pagou metade de sua dívida para com o governo americano, por não fazer suas declarações de imposto de renda em 2002, 2003, 2004 e 2007. No total, ele devia 13 milhões de dólares e, segundo ele, a culpa por tamanha trapalhada financeira é de seu antigo administrador.

Lionel Richie

O cantor Lionel Richie, consagrado pela música “Endless Love”, foi outro artista que não pagou suas taxas e quase perdeu seus bens para quitação da dívida. No ano passado, ele devia 1,1 milhão de dólares em impostos referentes ao ano de 2010.

Ozzy Osbourne

O roqueiro Ozzy Osbourne não pagou devidamente seus impostos de 2008 e 2009 e ficou devendo a receita dos Estados Unidos. A soma dos débitos chegou a 1,7 milhão de dólares, colocando em risco os bens dele e de sua família. Além do músico, sua filha Kelly Osbourne também passou por situação parecida, ao dever cerca de 30 mil dólares aos cofres públicos, referentes a 2009.

Martin Scorsese

Até mesmo o diretor de cinema Martin Scorsese não escapou do “Leão”, nos Estados Unidos. Em 2011, ele ultrapassou o patamar de 2,8 milhões de dólares em impostos sonegados referentes a atividades realizadas por Kenneth Star, em nome do cineasta. Star era assessor de Scorsese e foi preso devido ao envolvimento em um esquema de pirâmide de Hollywood.

Fonte: Exame

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *