Adaptação do funcionário aos novos sistemas

 

Vivemos em uma época em que a velocidade é o caminho para o êxito. As
informações voam, os fatos mudam rapidamente, as tecnologias avançam sem
freios. Acompanhar essa rapidez é o desafio de muitas empresas que, devido a
falta de um sistema que integre as diferentes áreas, acabam ficando para trás nessa corrida contra o tempo.
É importante que as corporações entendam que a implantação de softwares que
agilizem o dia a dia corporativo não é tão difícil quanto parece. Hoje,
existem empresas que prestam esse tipo de serviço, além de fazer a
implantação sistêmica, auxiliam em um grande problema que, frequentemente, é
apontado por diversas empresas: a adaptação do funcionário.

“A adaptação do funcionário, na qualificação de usuário no momento da
implantação, é tratada normalmente em quatro fases, e-learning, treinamento
presencial, acompanhamento e testes durante a implementação, além do suporte
pós implementação, quando for necessário.”, afirma Ailton Breves, diretor de
tecnologia da Delta Decisão.

Se com todas essas etapas o funcionário ainda não estiver devidamente
qualificado para atuar com os novos sistemas, existem ainda outras opções.
“Permanecendo algum problema de capacitação do usuário às nossas soluções,
utilizamos uma etapa complementar, prevista em nossa metodologia de
implementação, que é um novo treinamento intensivo, ministrado por um
especialista da área em que o usuário vem encontrando dificuldades.”,
completa Ailton.

Fonte: Delta Decisão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *