Empresas do setor de serviços são mais rentáveis, aponta estudo

São Paulo – Entre os três principais setores da economia, os negócios de serviços tiveram melhor desempenho quando o assunto é rentabilidade, com índice de 14,1% contra 10,3% de uma medição geral. A análise foi feita pela Serasa Experian.

 

 

Segundo a pesquisa, o aquecimento da economia e o real forte frente ao dólar ajudou a chegar neste número e a aumentar em 5,2% o faturamento dos negócios dessa área. Energia elétrica, transportes e telefonia são os destaques.

Como um todo, a rentabilidade das empresas brasileiras, incluindo indústria, serviços e comércio, foi a maior desde 2007. Em 2010, o índice ficou em 10,3%. De 2007 a 2009, era respectivamente 9,7%, 5,9% e 6,2%. No faturamento, as empresas evoluíram 11,3% em 2010.

No comércio, destaque para supermercados, varejo têxtil, atacado e farmácias. O setor cresceu 9% no faturamento, segundo a análise. Já a indústria, com ênfase para siderurgia, madeiras, alimentos e tabaco, apresentou o melhor resultado em faturamento, com crescimento de 16,8%. A rentabilidade das empresas industriais ficou em 12,7%.

Segundo a Serasa Experian, esses números refletem o momento econômico que o país viveu em 2010, que foi “beneficiado pela eficiência da gestão das empresas brasileiras, que souberam usufruir de benefícios concedidos temporariamente pelo governo federal, para conter a turbulência internacional”.

 

Foram avaliadas 1155 empresas de capital aberto e capital fechado, grande, médio e pequenos portes, de três setores da economia (indústria, comércio e serviços).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *