Ação da Receita Federal contra sonegação

Uma empresa de seguros do Rio de Janeiro é alvo de uma operação da Receita Federal, desencadeada na manhã desta quarta-feira (6), para combater fraudes fiscais na comercialização de pedras ornamentais como mármores e granitos.

Nos últimos cinco anos, o esquema fraudulento que envolve 70 empresas teria causado prejuízo de R$ 200 milhões aos cofres públicos, somente em impostos federais.

A delegada Laura Gadelha, de Vitória (ES), explicou que, dos 20 mandados de prisão expedidos pela Justiça, apenas um deve ser cumprido no Rio de Janeiro. A seguradora carioca é filial de uma empresa de São Paulo e um ‘braço’ do esquema de fraude ocorrido no Espírito Santo.

– O ramo de rochas ornamentais utiliza o transporte rodoviário. Como as cargas têm valores altos, é necessária a contratação de seguro. O crime contra a ordem tributária acontece porque o valor declarado para as pedras é subfaturado nas notas fiscais, sem prejuízo do pagamento integral do seguro em caso de sinistro.

Ao todo, foram expedidos 20 mandados de busca e apreensão e um de prisão. A operação conta com 72 servidores da Receita Federal e 50 policiais militares.

fonte – R7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *