Receita Federal e Secretaria da Fazenda combatem comércio irregular na Capital

A operação foi realizada na rua 25 de Março com o apoio da Polícia Militar

 

 

 
     Indícios de prática de crimes de sonegação, contrabando e descaminho levaram a Receita Federal – com auxílio da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo e Polícia Militar – à realizar uma ação de fiscalização em galerias da região da rua 25 de Março, na tarde desta quarta-feira, 03/03.

 

A força-tarefa, que recebeu o nome de “Operação 25 Legal”, envolveu 40 auditores da Receita Federal, 30 agentes fiscais de rendas da Secretaria da Fazenda e 30 policiais militares. O foco esteve centrado em mercadorias nacionais vendidas sem notas fiscais, artigos contrafeitos e piratas e mercadorias de origem estrangeira. Artigos eletrônicos de áudio e vídeo, de informática, videogames, notebooks, projetores de vídeo, filmadoras e câmeras digitais, celulares, aparelhos de GPS e MP4 também foram alvo da ação.

 

Os servidores da Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho (DIREP)  e da Força Especial de Repressão Aduaneira, atuando em ações conjuntas   com a Secretaria de Estado da Fazenda e Polícia Militar, desde o início   do ano, já retiraram de circulação, no comércio da Capital, mercadorias importadas avaliadas em R$ 5 milhões.

 

Dentre as mercadorias de importação proibida, destacam relógios piratas de marcas de luxo, avaliados em R$ 1,2 milhão, e dezenas de netbooks e  notebooks remanufaturados, ou seja, feitos a partir de partes e peças usadas,   vendidos sem garantia, como se fossem mercadorias novas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *