E-LALUR é a nova preocupação das empresas tributadas pelo Lucro Real

A TACTUS possui assessoria especializada no e-LALUR – SAIBA MAIS

As empresas precisam estar atentas as novas medidas por parte da Receita Federal para fiscalização eletrônica. Com isso, a cada dia, as empresas estão cada vez mais expostas a autuações tributárias, e assim, comprometendo sua rentabilidade e recursos.  Os novos mecanismos de controle por parte dio Fisco, tais como o SPED-Contábil, SPED-Fiscal o novo e-LALUR, Nota Fiscal Eletrônica, Livros Eletrônicos a novidade a ser lançada em 2010, Nota Fiscal Paulista que foi sucesso do fisco paulista em 2009 e outros que ainda surgirão, deixarão nuas as atividades e transações relizadas entre as empresas e consumidores finais.

A TACTUS é uma empresa que desde o princípio tem acompanhado de perto a evolução do fisco e tem assessorado nossos clientes para evitarem riscos com a exposição dos novos meios fiscalizatórios eletrônicos. Possuimos um departamento multidiciplinar de Inteligência Tributária com uma equipe especializada em diferentes áreas e coordenada por um dos maiores especialistas em Crimes Fiscais do Brasil. Através de parcerias temos realizado seminários que visam preparar as empresas para as ações do fisco. Além disso observamos uma crescente busca por nossos Diagnósticos de Riscos Tributários que nossa empresa oferece.

Consulte-nos e tenha maior maior segurança e tranquilidade!

consultoria@tactus.com.br

E-Lalur gerará custo maior em um primeiro momento

por Nina Alves

Registro que era aberto à Receita mediante solicitação passa a ter prazo de entrega definido, o que demanda reestruturação de processos

SÃO PAULO – Se, por um lado as empresas podem otimizar tempo ao automatizar um controle antes feito de forma manual, por outro a instituição do e-Lalur, sistema digital do Livro de Apuração do Lucro Real, demandará mudanças estruturais significativas, segundo alerta o gerente de Informação da Mastersaf, Carlos Alberto Nascimento. E essa atualização dos processos corporativos trará, consigo, aumento de custos em um primeiro momento.

“As companhias estavam acostumadas a fazer um registro particular dos cálculos tributários no livro do Lalur e apresentar à Receita mediante solicitação. Com a criação de uma versão eletrônica, elas passam a ser obrigadas a entregar em uma data determinada e em um padrão estipulado pelo Fisco”, disse Nascimento. “Isso irá requerer investimentos em processos, pois as informações deverão ser bem apuradas e enviadas sem atraso”, complementou.

De acordo com o especialista, o valor aplicado para adequação à nova obrigatoriedade varia conforme porte e atuação da empresa.

A criação do e-Lalur foi adiantada pelo FinancialWeb no início de dezembro, em entrevista com o auditor da Receita Federal Willians Gonçalves Nogueira. Contudo, ao que tudo indicava, a novidade viria apenas em 2011. Por outro lado, no dia 24 de dezembro, foi publicada a determinação, instituindo a necessidade já para 2010, com o prazo de até 30 de junho.

“As empresas que não enviarem os dados a tempo estarão sujeitas a multa de R$ 5 mil, por isso, deixar para o último momento é a pior alternativa de investimento”, alertou. Nascimento ressalta, ainda, que as empresas que entregarem o e-Lalur estarão dispensadas do FCont em 2010, conforme consta no artigo 8º da Instrução Normativa.

Mais mudanças

Em desenvolvimento a partir de março de 2010, dois módulos deverão ser incluídos no Sistema Público de Escrituração Digital (Sped). Nascimento, que também é membro do GT-48, grupo técnico vinculado ao Conselho Nacional de Política Fazendária responsável pela Escrituração Fiscal Digital, disse que a Receita lançará um livro eletrônico de apuração de PIS/Cofins, em substituição ao Dacon.

Além disso, um módulo para tributos previdenciários será incluído no Sped, em forma de uma folha de pagamentos digital.

“Esse é o momento das empresas analisarem os gaps internos e estudarem melhores processos, pois muitas mudanças estão por vir. Os custos são sempre menores para aqueles que não deixam soluções para última hora”, afirmou Nascimento.

Financial Web

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *