Fabricantes de componentes eletrônicos se adaptam à NF-e

Fabricantes de componentes eletrônicos se adaptam à NF-e

Consultor diz que, a esta altura, treinamento da equipe

contábil é maior preocupação das empresas

Das várias atividades que, a partir de 1º de setembro, vão ter de substituir a emissão de nota fiscal em papel pelo sistema eletrônico, os fabricantes de componentes eletrônicos se destacam pela crise que vêm enfrentando. Além da retração da economia global, esse segmento da indústria se ressente pela maior participação da China no mercado nacional – que gira em torno de 20%, enquanto nos demais setores industriais não chega a 5%.

De acordo com a Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica), o setor eletroeletrônico deverá encerrar 2009 com queda de 2% em relação ao faturamento do ano passado. Ainda assim, já se pode notar discreta retomada nos negócios, à medida que vão surgindo novas encomendas. “Certamente, a concretização das novas negociações se dará toda dentro do novo modelo eletrônico de nota fiscal. Às vésperas da data limite, as atenções tendem a se concentrar na parte mais difícil da implantação, que é o treinamento de pessoal”, diz Wagner Oliveira, diretor da Versifico Web Solutions.

Oliveira diz que a fase de testes da ferramenta costuma ser mais complicada do que a parte da implantação da tecnologia. “Se os procedimentos não forem completamente assimilados, aumentam-se os riscos de devolução do documento por parte da Receita Federal e da impossibilidade de gerar o Danfe – documento utilizado para acompanhar o trânsito da mercadoria. Ou seja, algumas empresas poderão deixar de faturar”.

De acordo com o executivo da Versifico, a implantação gradativa dos documentos eletrônicos, que serão compartilhados entre a Receita Federal e as Secretarias da Fazenda dos Estados e Municípios, promove uma adaptação sem grandes impactos. “Apesar do transtorno causado pela mudança no modo com que se concluíam as negociações, a implantação do sistema de NF-e, além de evitar multas, duplicidade de documentos e queda na receita, deverá agilizar as operações e melhorar a gestão das vendas realizadas por esses fabricantes”.

Fonte: Wagner Oliveira, diretor da Versifico Web Solutions, empresa que há 13 anos atua no desenvolvimento de tecnologias de gestão de negócios e integra o grupo Online Brasil (www.versifico.com.br).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *