Como obter sucesso na profissão contábil

Saiba mais sobre o Perfil do Contabilista de Sucesso em www.andersonhernandes.com.br

O Contabilista conta com um mercado de trabalho amplo e com opções diversificadas para crescer profissionalmente. Mas, para tanto, é necessário destacar-se dentre tantos profissionais da área. Cair na rotina e acomodar-se fará com que a carreira permaneça aquém do almejado. Quando o objetivo é voar mais alto, é imperioso permanecer atento a alguns conceitos.

Para entender melhor as razões que levam o Contabilista a se sobressair perante seus pares e obter sucesso na carreira, ouvimos profissionais de destaque no mercado e colhemos algumas dicas.
O vice-presidente de Desenvolvimento Profissional do CRC SP, Luiz Fernando Nóbrega, afirmou que: “O profissional da Contabilidade deve ter iniciativa e muito do que aprende se deve à participação em cursos e à leitura diária de veículos especializados. Todavia, aquele que for pró-ativo e mantiver postura profissional contará sempre com um diferencial a seu favor.” De acordo com Nóbrega, muitas empresas só contratam profissionais com esses atributos, já que o simples domínio da técnica contábil já não é suficiente para diferenciar a qualificação do profissional.

A presidente do Ibracon (Instituto dos Auditores Independentes do Brasil) – Órgão Nacional, Ana María Elorrieta, destaca outro quesito relevante: “O Contabilista deve procurar sempre fazer a diferença, desenvolvendo uma especialização, participando de atividades e desafiando, inclusive, seus próprios talentos”, afirma.

Veja, abaixo, algumas características fundamentais para um profissional destacar-se no mercado contábil:

Estar sempre inteirado com a tecnologia – O profissional da Contabilidade precisa estar familiarizado com a informática. Nenhum profissional é capaz de sobreviver no mundo contábil sem utilizar os programas específicos e a internet.

Na opinião de Nóbrega, os conhecimentos de tecnologia são fundamentais para participar do mercado de trabalho. “Caso não detenha esse conhecimento e domínio, o Contabilista nem sequer consegue ingressar no ramo. As ferramentas, hoje disponibilizadas, permitem customizar o tempo e contribuem para que o profissional realize suas tarefas de forma ágil e com maior êxito”, afirma.

Ele utiliza um exemplo simples de como a informática pode ser útil. “Os recursos do próprio Excel, programa que integra o pacote Office, um dos mais difundidos do mundo, oferece possibilidades infinitas que permitem, inclusive, a fazer simulações, de tal sorte que, pessoalmente, não posso imaginar a realização de algumas tarefas sem contar com o Excel. Todavia, no mercado, são poucos aqueles que dominam este programa plenamente”, diz.

Manter-se atualizado – Estar sempre atualizado é indispensável. Ler, acompanhar o mundo econômico-financeiro e estar por dentro de cada alteração nas leis, normas e resoluções é fundamental para que o profissional saiba exatamente como assessorar melhor o cliente.

Da mesma forma, prosseguir os estudos é importantíssimo à carreira. É preciso investir em especialização, pós-graduação, MBA, mestrado ou doutorado. Quanto mais estudo e aprofundamento, melhores as oportunidades de crescimento.

“Além de conhecer a legislação, o profissional deve se atualizar na parte gerencial, administrativa e pessoal. Vários são os campos em que ele pode e deve buscar novidades. Para isso, o profissional tem de sair da zona de comodidade. É necessário ter iniciativa e correr atrás”, afirma Nóbrega.

Saber utilizar a comunicação como aliada – O Contabilista precisa saber se expressar claramente com seus clientes e com os representantes de órgãos reguladores. “A forma de se comunicar também faz a diferença. É extremamente desagradável a apresentação de um trabalho com pausas e gaguejos. É preciso fazê-lo com voz firme e de forma objetiva. A comunicação impacta diretamente no resultado”, comenta Nóbrega. “Se você não souber apresentar o seu trabalho, tanto de forma escrita quanto verbal, ele poderá ser o melhor do mundo, mas perde credibilidade”, complementa.

Ética e responsabilidade – Ser um profissional ético e responsável não é requisito exclusivo do Contabilista. Todo e qualquer trabalhador precisa estar imbuído desses atributos para que seja considerado um profissional exemplar. O Contabilista deve estar permanentemente envolvido com os clientes e seus objetivos. E deve cumprir e respeitar o Código de Ética definido pela Resolução CFC nº 830, de 1996.

CRC-SP